Erick Silva salva noite brasileira no UFC on FX 3

O capixaba Erick Silva salvou a noite brasileira no UFC on FX 3, evento realizado nesta sexta-feira (08), em Sunrise, nos Estados Unidos. Com quatro brasileiros no programa de lutas, apenas Erick conseguiu deixar o octógono com vitória ao finalizar o duro Charlie Brenneman no final do primeiro round. Já Bernardo Trekko, Caio Monstro e Carlos Eduardo “Tá Danado” foram superados por Henry Martinez, Buddy Roberts e Mike Pierce, respectivamente.

Erick Silva (foto) salva noite brasileira no UFC on FX 3. Foto: Josh Hedges

Na luta principal da noite, válida pelas semifinais do torneio de pesos moscas,  Demetrius Johnson colocou um ponto final da polêmica e derrotou Ian McCallque na decisão unânime dos juízes. Com o resultado, Johnson enfrenta Joseph Benavidez na disputa do inédito título da categoria.

Erick Silva finaliza Charlie Brenneman
Em sua primeira atuação fora do Brasil, Erick Silva mostrou não se intimidar com a pressão e a torcida contra, que apoiava o norte-americano Charlie Brenneman. No início da disputa,  o lutador local começou em um ritmo alucinante, buscando encurtar a distância para derrubar Erick.

Por sua vez, o brasileiro conseguiu se defender bem e sempre que era derrubado conseguia se recuperar e voltar com a disputa para a trocação.

Depois de conseguir escapar da luta de solo, Silva aplicou uma  boa sequência de chutes rodados e socos, que fizeram Brenneman sentir e buscar a queda. Mas Erick fez o sprawl  e foi para as costas do norte-americano. A partir daí, o atleta tupiniquim passou os ganhos e encaixou um justo mata-leão para encerrar a disputa.

Johnson vence McCall e disputa cinturão inédito
Depois da polêmica no primeiro duelo, quando Demetrious Johnson foi decretado vencedor, mas após as notas serem recalculadas e Ian McCall teve o empate garantido, os atletas voltaram a se enfrentar na luta principal do UFC on FX 3. E desta vez, Johnson fez questão de dirimir quaisquer dúvidas.

Em um ritmo acelerado, Demetrious impôs seu ritmo desde o início, com tentativas de quedas e potentes golpes de boxe. No final do primeiro round, Johnson conseguiu um knockdown e levou vantagem nesta parcial.

Já no segundo round, McCall buscou a recuperação e trabalhou na mesma tática do adversário, com tentativas de queda e prendendo o adversário contra as grades. No terceiro e decisivo assalto, Demetrious voltou com tudo e novamente retomou o controle da disputa para levar a fatura na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 29×28).

Confira abaixo os resultados completos do UFC on FX 3:

Card Principal
Demetrious Johnson derrotou Ian McCall na decisão unânime dos juízes;
Erick Silva finalizou Charlie Brenneman com um mata-leão no R1;
Mike Pyle derrotou Josh Neer por nocaute no R1;
Eddie Wineland derrotou Scott Jorgensen por nocaute no R2;

Card Preliminar
Mike Pierce derrotou Carlos Eduardo “Tá Danado” Rocha na decisão dividida dos juízes;
Seth Baczynski derrotou Lance Benoist na decisão dividida dos juízes;
Matt Grice derrotou Leonard Garcia na decisão unânime dos juízes;
Dustin Pague finalizou Jared Papazian com um mata-leão no R1;
Tim Means derrotou Justin Salas por nocaute técnico no R1;
Buddy Roberts derrotou Caio “Monstro” Magalhães na decisão unânime dos juízes;
Henry Martinez derrotou Bernardo Trekko Magalhães na decisão dividida dos juízes;
Sean Pierson derrotou Jake Hecht na decisão unânime dos juízes;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário