Perto de estrear pelo Bellator, Cyborg revela desejo de se testar no boxe e no WWE

Brasileira, que disputa título das penas da organização no próximo dia 25, revela desejo de se testar em outros esportes

C. Cyborg estreia pelo Bellator em 25 de janeiro. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasil

Um dos maiores nomes da história do MMA feminino, Cris Cyborg revelou o desejo de se testar no boxe e na luta livre. Próxima de estrear pelo Bellator, em 25 de janeiro, quando disputa o título das penas (até 65,7kg.) contra Julia Budd, a curitibana afirmou que pode ser vista se testando em outras modalidades no futuro. A declaração foi feita em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Veja Também

Bruno Bulldoguinho enfrenta Su Mudaerji no UFC Brasília e busca primeira vitória no Ultimate
Renato Moicano enfrenta Damir Hadzovic no UFC Brasília, em março
Dana White adota cautela para confirmar Adesanya x Romero e cita Borrachinha

“Sabe, eu sempre gostei de me desafiar. Eu acho que é uma grande coisa, ter assinado com o Bellator. É algo que eu posso estar apta a fazer, luta de boxe, posso fazer WWE, pro wrestling, qualquer coisa. E o Scott (Coker) comigo, por trás (apoiando). (Isso) vai ajudar a promover o Bellator. Essa é a coisa boa. Eu amo desafios e, se essas oportunidades surgirem para mim, eu estou dentro”, confessou a brasileira.

Cyborg assinou contrato com o Bellator após não conseguir acertar a renovação de contrato com o UFC. Entre os motivos que dificultaram a manutenção da curitibana na antiga empresa estava a má relação com o presidente do Ultimate, Dana White. De ‘casa nova’, Cris afirma que tem muita liberdade e se sente acolhida.

“Eu acho que ele (Skott Coker) abriu muitas coisas na minha carreira. Quando eu lutei com Gina Carano, ele abriu as portas para o MMA feminino, e eu acho que todas as garotas, a maioria delas, até 66 kg estão no Bellator agora. Elas esperam por mim lá, e estou muito feliz. Eu não vou ter problemas de esperar para lutar. E trabalhar com um chefe que quer trabalhar com você, é muito bom. Eu acho ótimo, quando eles promovem os lutadores”, finalizou.

No dia 25, Cyborg realizará sua 25ª apresentação como profissional no MMA. Aos 34 anos, a curitibana terá a chance de conquistar mais um cinturão em sua vitoriosa carreira. Julia, que é campeã pelo Bellator desde 2017, realizará sua quarta defesa de título e espera chocar o mundo quando encarar Cris.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Wellington Santos Gomes
Wellington Santos Gomes
8 meses atrás

Depois da surra que levou, só anda falando e falando e nada. Tá parecendo o frango magrego.