Werdum colabora com USADA, tem pena reduzida e pode retornar ao octógono em abril

Ex-campeão dos pesado cumpria pena de dois anos após ter sido flagrado em exame antidoping em 2018

F. Werdum (foto) voltar a lutar em abril. Foto: Reprodução/Facebook @fabriciowerdumoficial

O ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.), Fabrício Werdum poderá ser visto em ação mais cedo do que se esperava. Suspenso desde 2018, quando foi flagrado em um exame antidoping, o brasileiro recebeu uma redução de pena após ter colaborado com a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) durante as investigações. A informação foi divulgada pela própria entidade. Com isso, ‘Vai Cavalo’ poderá ser visto no octógono a partir de abril.

Veja Também

Tyron Woodley retorna ao octógono e enfrenta Leon Edwards no UFC Londres, diz site
Israel Adesanya defende título dos médios contra Yoel Romero no UFC 248, diz site
Ultimate estuda promover combate entre Henry Cejudo e José Aldo no UFC 250, em São Paulo

“A USADA anunciou hoje que Fabricio Werdum, de Redondo Beach, Califórnia (EUA), recebeu uma redução de 10 meses na sua suspensão original de dois anos. O período de inelegibilidade de Werdum começou em 22 de maio de 2018, mas foi cancelado por um período de tempo enquanto ele não estava disponível para testes . Após ser reintegrado, e com a sua redução, o seu novo período de inelegibilidade expira em 1 de Abril de 2020”, publicou a Agência.

A entidade ainda completou explicando que, devido à colaboração do atleta dando suporte às investigações, sua pena foi diminuída, acatando uma determinação da USADA a atletas que contribuem para as análises em casos de doping.

“Werdum, 42 anos, recebeu uma redução do período de inelegibilidade, devido a uma assistência substancial. De acordo com as regras aplicáveis, um atleta que enfrente um período de inelegibilidade e que forneça informações que levem à descoberta de outra violação ou que resultem na descoberta de um delito por um órgão criminoso ou disciplinar, é elegível para uma redução de sanção”, escreveram.

Fabrício atuou pela última vez em 17 de março de 2018, quando acabou derrotado por Alexander Volkov em uma das lutas do UFC Londres. A derrota para o russo interrompeu uma sequência de duas vitórias do brasileiro, que buscava recuperar a condição de desafiante para voltar a lutar pelo seu antigo título, perdido em maio de 2016, para Stipe Miocic.

‘Vai Cavalo’ viveu seu melhor momento no Ultimate entre 2012 e 2015, quando chegou ao topo de sua carreira ao derrotar um dos melhores pesos-pesados da história do Ultimate, Cain Velasquez. Na ocasião, pelo UFC 188, o brasileiro chocou o mundo e calou os críticos ao finalizar o ex-campeão no terceiro round.

Nascido em Porto Alegre (RS), Fabrício já disputou 32 lutas em sua carreira como profissional no MMA. O atleta, hoje, soma 23 vitórias, oito derrotas e um empate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário