Ultimate estuda promover combate entre Henry Cejudo e José Aldo no UFC 250, em São Paulo

Empresa espera que manauara possa disputar título dos galos em um grande evento no Brasil; definição esbarra nas negociações com os lutadores

H. Cejudo (esq.) pode enfrentar J. Aldo (dir.) no UFC 250, em São Paulo. Foto: Montagem SL/MMA Press

O ‘Rei’ pediu e o Ultimate deve atender. Ao que tudo indica, o combate entre Henry Cejudo e José Aldo irá, de fato, acontecer. Segundo o ‘Combate’, a empresa estuda a possibilidade de casar o duelo entre os atletas, em disputa pelo título dos leves (até 61,2kg.), na luta principal do UFC 250, que pode acontecer em São Paulo.

Veja Também

Claudinha Gadelha e Carlos Diego são favoritos para seus combates no UFC 246
Perto de estrear pelo Bellator, Cyborg revela desejo de se testar no boxe e no WWE
Bruno Bulldoguinho enfrenta Su Mudaerji no UFC Brasília e busca primeira vitória no Ultimate

Caso confirmado, o duelo aconteceria no Ginásio do Ibirapuera, mesmo palco do espetáculo ocorrido em novembro do ano passado, que recebeu como estrelas principais Ronaldo Jacaré e Jan Blachowicz. A data escolhida seria 9 de maio.

A pressão para que José Aldo disputasse o cinturão dos galos partiu do próprio campeão, Henry Cejudo. Segundo o atleta, o manauara é merecedor da chance pelos seus feitos na história do esporte, além de ter desempenhado um bom papel em sua estreia pela nova categoria, mesmo sendo derrotado por Marlon Moraes no UFC 245.

Algumas críticas ocorreram em função do desafio do ‘Triplo C’. Segundo alguns fãs e parte da imprensa especializada, a escalação de Aldo desrespeitaria o ranking da categoria, sendo que o manauara vem de dois resultados negativos em sequência.

Os dois atletas, no entanto, já deram início às provocações por via das redes sociais e parecem estar confiantes de que o encontro é iminente.

Henry Cejudo é campeão dos galos desde que bateu Marlon Moraes, no UFC 238, em junho, ocupando o posto que pertencia a TJ Dillashaw, que abandonou o título após ser flagrado em um escândalo de doping, no início de 2019.

Aldo é considerado, por muitos, o melhor atleta da história dos penas (até 65,7.). O combatente foi um dos principais combatentes do Ultimate e figurou no topo de sua antiga divisão entre os anos de 2011 e 2015.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments