Faber ironiza vitórias de Barão: “Qual desses 28 caras eu não venceria”

Com a lesão de José Aldo, o combate entre o norte-americano Urijah Faber e o brasileiro Renan Barão, válido pelo cinturão interino dos pesos galos, foi promovido como atração principal do UFC 149, evento que acontece dia 21 de julho, em Calgary, no Canadá. E com o aumento da importância do combate, o clima já começa a esquentar entre os lutadores.

Urijah Faber minimiza as 28 vitórias consecutivas de Renan Barão. Foto: Josh Hedges

Como Barão vem de uma impressionante sequência de 28 vitórias consecutivas, Faber fez questão de minimizar a maior sequência de triunfos do UFC.

CELULARReceba notícias e fotos do UFC em seu telefone

“As pessoas dão muito crédito ao Barão por sua sequência de 28 vitórias. É incrível, mas para qual desses 28 caras eu perderia? Para nenhum deles. Ele nunca lutou contra alguém como eu, então este será o maior teste da vida dele”, disse Faber, em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie.

O ex-campeão do WEC ainda comparou o jogo de Renan com o de Dominick Cruz, atual campeão da categoria, que serial originalmente seu adversário, mas devido a uma lesão no joelho deu a chance do brasileiro disputar o título interino.

“É um combate completamente diferente. Dominick luta para ganhar por pontos, movimentando-se bastante e sendo imprevisível. Barão tenta acabar logo com a luta, mas é um pouco mais lento e seu condicionamento não é tão bom. Acho que isso será uma vantagem para mim”, disse Faber.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário