Israel Adesanya sugere combate contra Derren Till em estádio de futebol, em Londres

Campeão dos médios elogia inglês e afirma que gostaria de se testar contra atleta no futuro

I. Adesanya em coletiva. Foto: Reprodução/YouTube UFC

A confiança de Israel Adesanya em seu próprio talento não parece ter limites. Após aceitar um confronto contra o perigoso Yoel Romero logo em sua primeira defesa de cinturão, que acontece em 7 de março, o nigeriano afirmou que gostaria de enfrentar Darren Till, recém-chegado na divisão, no futuro. Em entrevista ao ‘Submission Radio’, o campeão traçou os planos de enfrentar o inglês em um estádio de futebol, na Inglaterra.

Saiba mais

Thiago Marreta afirma não ter pressa para retorno, mas pede top 5 em nova luta
Jairzinho Rozenstruik pede luta pelo cinturão, caso derrote Francis Ngannou
VÍDEO: Cris Cyborg quebra o nariz antes de luta por cinturão contra Julia Budd

“Gosto de Darren (Till). Já sabemos que vamos lutar um dia, faremos isso pelo esporte. É uma combinação de estilos que não pode ser desperdiçada. Essa luta não vai ficar longe de mim. Ele é um bom garoto. Acho que nos damos muito bem. Eu ainda não estive em Londres, então, que melhor motivo para ir a Londres do que vender um show no estádio por lá e lutar com um de ‘seus filhos’,?”, declarou Israel.

Ex-desafiante ao título dos meio-médios (até 77kg.), Till fez sua estreia pelos médios desde que assinou seu contrato com o Ultimate no UFC 244, quando encarou Kelvin Gastelum em uma das lutas mais aguardadas do evento. Na ocasião, o inglês conseguiu superar o norte-americano e saiu vencedor na decisão dividida dos juízes.

Com o triunfo, Darren logo ocupou a quinta colocação no ranking da categoria, atrás apenas de potenciais desafiantes ao reinado de Adesanya.

Caso queira enfrentar Till pela disputa de cinturão, Israel, no entanto, terá que passar por cima de um combatente que é temido pelo próprio inglês. No último ano, Darren declarou publicamente ter receio de trocar forças contra Romero, mas não descartou um encontro contra o cubano no futuro.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário