Após derrota, Cigano dispensa descanso e pede luta no UFC São Paulo

Vindo de revés para Curtis Blaydes, brasileiro pede para atuar em card de maio e busca retomar a boa fase na carreira

J. Cigano em pesagem do UFC. Foto: Reprodução/YouTube SevereMMA

A derrota de Júnior Cigano sofrida para Curtis Blaydes na luta principal do UFC Raleigh, no último dia 25, poderia ter um significado para o brasileiro adotar mais cautela em seus combates. No entanto, não é isso o que o passa pela cabeça do catarinense. Segundo Cigano, a ideia é retornar ao octógono o mais rápido possível para corrigir os erros das últimas atuações. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, Júnior falou sobre os planos de lutar no UFC São Paulo, em 9 de maio.

Veja Também

Urijah Faber apoia combate entre Cejudo e Aldo: ‘Querem dinheiro. Não os culpo’
Dana afirma que Adesanya pode enfrentar Jones apenas depois de encarar Borrachinha
Perto de nova defesa de título, Jones afirma ter deixado passado conturbado para trás

“Eles queriam que eu descansasse, mas eu não vou descansar. Só vou descansar quando acertar as coisas novamente e corrigir meus erros. Para mim, a melhor opção é começar outra luta imediatamente. Eu queria lutar logo após minha lesão (em outubro de 2019), porque esse é o melhor remédio para mim. Minha vida é boa quando estou ativo, quando tenho um objetivo”, contou Júnior.

O atleta, então sugeriu participar do card a ser realizado em São Paulo, no dia 9 de maio. O espetáculo está sendo especulado para representar o UFC 250. Para o catarinense, atuar no Brasil seria especial e essencial para voltar o caminho das vitórias.

“Não luto no Brasil desde que entrei no UFC, então seria ótimo para minha carreira lutar pelo meu povo. Eu posso me preparar para uma luta em maio, sem problemas. Caso eles me ofereçam algo para esse card, eu posso lutar no Brasil em maio”, finalizou.

Cigano atuou diante de seu público pela última vez em maio de 2008. Na ocasião, atuando pelo ‘Demo Fight’, o catarinense nocauteou o compatriota Gerônimo dos Santos no primeiro round em combate que aconteceu em Salvador.

Após o triunfo, Júnior assinou seu contrato com o Ultimate e deu início à trajetória que o levaria ao cinturão, em novembro de 2011.

Cigano vem de duas derrotas consecutivas dentro do Ultimate. O atleta, que hoje ocupa a quarta posição no ranking da categoria. O atleta precisa voltar a vencer, caso almeje se tornar novamente o desafiante ao título.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Geraldo De Sousa Ribeiro
Geraldo De Sousa Ribeiro
7 meses atrás

Só uma pergunta ! O Junior Cigano lutou contra o Blaydes ? Eu não vi. Só vi um lutador no ringue.