Árbitro de ‘Kamaru Usman x Colby Covington’ revela ameaça de morte após UFC 245

Acusado por Colby de ter favorecido o campeão ao decretar o nocaute no 5º round, Marc Goddard fala sobre as consequências da decisão após o espetáculo de dezembro

C. Covington (esq.), M. Goddard e K. Usman antes de luta no UFC 245. Foto: Reprodução/Instagram@marcgoddard_uk

Pouco mais de dois meses após a batalha envolvendo Kamaru Usman e Colby Covington pelo cinturão dos meio-médios (até 77kg.), em dezembro, no UFC 245, a decisão do árbitro do combate, Marc Goddard, em declarar o nocaute do nigeriano sobre o norte-americano, continua repercutindo.  Após ser acusado pelo desafiante e por parte de seus fãs de favorecer Usman em suas decisões, Marc resolveu revelar que chegou a ser ameaçado de morte após o espetáculo e deu detalhes em entrevista ao podcast ‘Listen!’.

Veja Também

Após Rafael Lovato confirmar doença rara, Gegard Mousasi manda mensagem de apoio
Al Iaquinta desafia Dustin Poirier, que desdenha: ‘Venceu duas em cinco anos’
Ex-UFC, Wilson Reis assina contrato e vai atuar pelo Ares FC

“A reação de Colby Covington foi totalmente inadequada, abusiva e ameaçadora. Por conta dela, eu recebi ameaças de morte e acusações de ter me beneficiado financeiramente. Resisti ao impulso de responder imediatamente, por achar que o dano à minha carreira seria maior do que a satisfação de me defender. Imagine se eu tivesse feito o mesmo que ele. Seriam 20 anos da minha vida jogados no lixo. Eu nunca mais trabalharia”, afirmou Marc.

O profissional do Ultimate ainda ressaltou que as ações de um árbitro devem sempre prezar pela integridade física do atleta. No momento da interrupção, no 5º round, Covington estava em desvantagem no chão, recebendo duros golpes e apenas protegendo sua cabeça, sem responder às ações do rival.

“Uma coisa que eu sempre digo aos lutadores, não importa quem seja, é a seguinte: ‘Se você estiver machucado, se eu achar que você está correndo qualquer perigo na luta, eu preciso que você faça somente uma coisa: me mostre que ainda pode continuar”, disse.

As críticas de Colby sobre a atuação de Marc começaram poucas horas após o UFC 245, através de suas redes sociais. Recentemente, o meio-médio tem criticado Goddard duramente em entrevistas e acusando o profissional de atuar em conluio com Usman na luta principal do card.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário