Por coronavírus, ONE FC confirma evento com portões fechados em 28 de fevereiro

Diretoria do evento assume medida preventiva no card de Singapura para evitar riscos de contaminação

Cinturão ONE FC. Foto: Reprodução/Instagram @onechampionship

O surto de coronavírus tem sido manchete nos últimos meses por se tratar de uma doença que vem assustando a população mundial, principalmente a que vive na China e países adjacentes. Famosa por ser uma empresa que atua na Ásia, o ONE FC tomou uma medida preventiva para o evento de 28 de fevereiro, que acontece em Singapura, e promoverá o card com portões fechados para evitar o risco do vírus se espalhar. O anúncio foi feito pelo presidente da organização, Chatri Sityodtong, em sua conta oficial no Facebook.

Veja Também

James Krause critica juíz por derrota no UFC 247 e sugere conflito de interesses em pontuação
Árbitro de ‘Kamaru Usman x Colby Covington’ revela ameaça de morte após UFC 245
Após Rafael Lovato confirmar doença rara, Gegard Mousasi manda mensagem de apoio

“À luz da situação do coronavírus em Singapura, tomei a decisão de converter o ‘ONE: Rei da Selva’, de 28 de fevereiro para evento fechado. O ‘Estádio Indoor’ de Singapura não será aberto ao público em geral, mas o evento prosseguirá à porta fechada, como transmissão ao vivo em todas as plataformas de TV e digitais em mais de 150 países ao redor do mundo. Se você comprou ingressos para assistir ao evento, você receberá um reembolso total”, escreveu o ‘chefão’.

Chatri comentou que pensou em adiar o espetáculo, mas, pelo entretenimento, decidiu manter o card e permitir que os fãs do esporte acompanhem os combates, mesmo que seja de suas casas.

“Minha equipe e eu tivemos a opção de cancelar o evento completamente, mas optamos por não cancelá-lo. Mais do que nunca, o mundo precisa de esperança e força neste momento. Nossos heróis estão preparados para inspirá-los com as melhores performances de suas vidas no dia 28 de fevereiro. Estamos aqui para dar a todos os nossos fãs ao redor do mundo mais uma noite mágica para celebrar o melhor da humanidade”, publicou.

Segundo as autoridades de saúde da China, o número de mortes relacionadas ao coronoavírus ultrapassou 2.000, baseado no balanço publicado pela ‘VEJA’ nesta quarta-feira (19).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments