Dana White confirma revanche entre Joseph Benavidez e Deiveson Figueiredo por cinturão dos moscas

Presidente do Ultimate não crava data, mas afirma que brasileiro e norte-americano devem voltar a trocar forças no octógono

J. Benavidez (esq.) e D. Figueiredo (dir.) se encaram antes do UFC Norfolk. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

A vitória incontestável de Deiveson Figueiredo sobre Joseph Benavidez no último sábado (29), pelo UFC Norfolk, acabou causando uma polêmica dentro do Ultimate. Após não bater o peso oficial da categoria para a disputa de cinturão, o brasileiro não pôde levar o cinturão para casa, já que não cumpriu o compromisso com a organização. O presidente da empresa, Dana White, no entanto, confirmou que haverá um novo encontro entre os dois combatentes, julgando que a luta, que terminou em nocaute para o paraense, foi equilibrada. A declaração foi feita em entrevista a jornalistas em evento para a promoção do UFC 248.

Veja Também

“Aquela foi uma luta incrível. Eu acho que a cabeçada (de Deiveson) influenciou no nocaute, sem tirar os méritos dele. Eu acho que temos que fazer aquela luta de novo”, confirmou Dana.

Para justificar a decisão, o ‘chefão’ fez questão de elogiar Benavidez, que aceitou enfrentar o brasileiro mesmo após saber que o paraense subiria ao octógono mais pesado. O presidente também elogiou a performance do norte-americano, que chegou a pressionar Figueiredo em parte do primeiro round, mas acabou sendo dominado no segundo assalto até ser nocauteado por Deiveson.

“Primeiramente, ele (Deiveson) não bateu o peso e Joe (Joseph) o enfrentou. Teve uma cabeçada. Muitas coisas controversas na luta. Foi um embate incrível. Os dois foram para lutar. Vocês sabem como me sinto em relação a não baterem o peso. Vamos fazer isso de novo. A disputa merece isso”, cravou White.

Enquanto o Ultimate não confirma a data e local para o novo encontro entre os moscas, a categoria segue sem um campeão oficial. A divisão não possui um campeão desde que Henry Cejudo foi destronado após optar por atuar apenas entre os galos (até 61,2kg.), onde também é o número um.

Podcast #034: A volta de Borrachinha ao UFC e a possível aposentadoria de Fedor

Comentários

Deixe um comentário