Mesmo nocauteado, Benavidez embolsa quase R$ 900 mil e leva maior salário do UFC Norfolk

Lutador, que perdeu a chance de conquistar o cinturão dos moscas ao ser nocauteado pelo brasileiro Deiveson Figueiredo, recebeu 30% da bolsa do rival por ele não ter batido o peso

J. Benavidez leva maior salário do UFC Norfolk. Foto: Reprodução/Instagram @joejitsu

O sonho de conquistar o cinturão do Ultimate ficou no ‘quase’ pela terceira vez para Joseph Benavidez. O norte-americano, que já havia sido derrotado por Demetrious Johnson em duas oportunidade, subiu no octógono do UFC Norfolk como amplo favorito. Entretanto, ele acabou nocauteado de forma brutal pelo brasileiro Deiveson Figueiredo. Porém, o norte-americano não tem apenas do que reclamar do evento, afinal ele recebeu o maior salário do show.

Veja Também

Vídeo: Lutadora comemora nocaute sobre Norma Dumont no UFC Norfolk bebendo cerveja em tênis
Joseph Benavidez descarta aposentadoria após derrota para Deiveson Figueiredo: ‘Vamos continuar’

O Departamento de Regulação Profissional e Ocupacional da Virginia, entidade que sancionou o evento, divulgou as bolsas pagas ao site MMA Junkie e Benavidez recebeu US$ 195 mil, cerca de R$ 880 mil na cotação atual para subir no octógono. No valor já está incluído os 30% do salário de Deiveson, repassado ao norte-americano, já que o brasileiro não bateu o peso da divisão de moscas.

Por outro lado, Deiveson, que venceu Benavidez, teria um salário de US$ 150 mil, mas como teve que repassar 30% da bolsa para o rival, ficou com ‘apenas’ US$ 105 mil, R$ 473.6 mil aproximadamente, o segundo maior pagamento da atração.

Os demais brasileiros no card tiveram vencimentos bem mais modestos. Gabriel Silva e Norma Dumont, que foram derrotados Kyler Phillips e Megan Anderson, respectivamente, receberam US$ 10 mil, cerca de R $45.1 mil.

Confira abaixo a lista de todos os salários do UFC Norfolk:

Lista dos salários do UFC Norfolk

Deiveson Figueiredo: US$105 mil* (incluindo US$50 mil de bônus pela vitória)
derrotou Joseph Benavidez: US$195 mil**;

Felicia Spencer: US$34 mil (incluindo US$17 mil de bônus pela vitória)
derrotou Zarah Fairn: US$10 mil;

Magomed Ankalaev: US$66 mil (incluindo US$33 mil de bônus pela vitória)
derrotou Ion Cutelaba: US$33 mil;

Megan Anderson: US$80 mil (incluindo US$40 mil de bônus pela vitória)
derrotou Norma Dumont: US$10 mil;

Grant Dawson: US$19,600*** (incluindo US$14 mil de bônus pela vitória)
derrotou Darrick Minner: US$18,400****;

Luis Pena: US$48 mil (incluindo US$24 mil de bônus pela vitória)
derrotou Steve Garcia: US$12 mil;

Kyler Phillips: US$20 mil (incluindo US$10 mil de bônus pela vitória)
derrotou Gabriel Silva: US$10 mil;

Brendan Allen: US$24 mil (incluindo US$12 mil de bônus pela vitória)
derrotou Tom Breese: US$10 mil;

Marcin Tybura: US$136 mil (incluindo US$68 mil de bônus pela vitória)
derrotou Serghei Spivac: US$14 mil;

Jordan Griffin: US$20 mil (incluindo US$10 mil de bônus pela vitória)
derrotou TJ Brown: US$10 mil;

Spike Carlyle: US$20 mil (incluindo US$10 mil de bônus pela vitória)
derrotou Aalon Cruz: US$10 mil;

Sean Brady: US$24 mil (incluindo US$12 mil de bônus pela vitória)
derrotou Ismail Naurdiev: US$16 mil

 

Deiveson Figueiredo perdeu 30% do salário de US$150 mil por não ter batido. O valor foi repassado para Benavidez.
Joseph Benavidez recebeu 30% do salário de Deiveson Figueiredo
Grant Dawson  perdeu 30% de US$ 28 mil do salário por não ter batido. O valor foi repassado para Minner.

****Darrick Minner recebeu 30% do salário de Deiveson Figueiredo

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments