Santiago Ponzinibbio desafia Rafael dos Anjos para luta no UFC 250, em maio

Argentino mostra respeito ao brasileiro e afirma que duelo seria empolgante para o público sul-americano

S. Ponzinibbio (foto) pede luta contra R. Dos Anjos. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasil

Em grande fase no Ultimate, Santiago Ponzinibbio está pronto para assumir maiores riscos dentro da organização. Invicto há sete confrontos, o argentino desafiou Rafael dos Anjos para um confronto no UFC 250, que acontece em 9 de maio, em São Paulo. O pedido foi feito em entrevista ao ‘Ag.Fight’.

Veja Também

Como assistir o UFC 248, com Israel Adesanya na luta principal, AO VIVO pela televisão e internet
Amanda Nunes defende cinturão contra Felicia Spencer no UFC 250, em São Paulo
Adesanya confirma desejo de enfrentar Borrachinha após Romero: ‘Vou pegá-lo antes que a USADA o pegue’

“Adoro essa luta. (Rafael) Dos Anjos é um ex-campeão, um cara com um nome muito grande. Você vê que no meio-médio (até 77kg.) ele sofreu alguns reveses, mas ele só perdeu para os caras top da divisão. É um cara muito competente. Então, é uma luta que eu gostaria muito de fazer. E por que não no dia 9 de maio, no Brasil, UFC 250?”, questionou Santiago.

Embora mostre respeito ao ex-campeão dos leves (até 70,2kg.), Ponzinibbio acredita que o encontro com Rafael seria animador aos fãs de MMA, pois se trata de dois combatentes que gozam de muito prestígio com o público latino.

“A América do Sul vai curtir muito essa luta. Estamos prontos, esperando uma boa proposta para poder voltar de novo à ação. Como eu falei, dia 9 de maio, ficaria muito feliz de enfrentar o Dos Anjos no Brasil”, disse o argentino.

Embora esteja em grande fase e com cartel positivo, Santiago não realiza uma luta oficial desde novembro de 2018, quando derrotou Neil Magny por nocaute em uma das lutas do UFC Argentina.

Dos Anjos, por sua vez, não vive o melhor momento dentro da organização. Atualmente parte da divisão dos meio-médios, o brasileiro amargou quatro derrotas em suas cinco últimas apresentações. O combatente, então, precisa triunfar em seu próximo compromisso para não correr riscos de dispensa por parte da companhia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments