Yoel Romero critica Adesanya: ‘É uma falta de respeito compará-lo com Anderson Silva’

Derrotado por Israel na luta principal do UFC 248, cubano não perdoa falta de combatividade promovida pelo campeão

Y. Romero critica postura de I. Adesanya no UFC 248. Foto: Reprodução/YouTube UFC

O baixo nível da luta principal do UFC 248, realizado no último sábado (7), em Las Vegas (EUA) tem gerado críticas não só entre os fãs de MMA e imprensa especializada. Após o evento, Yoel Romero, que trocou forças contra Israel Adesanya em disputa pelo título dos médios (até 83,9kg.), manifestou sua insatisfação com o nigeriano, que venceu por pontos, por sua postura durante a peleja. Em coletiva após o evento, o cubano se lembrou de Anderson Silva para falar sobre o rival.

Veja Também

Batalha entre Weili Zhang e Joanna Jędrzejczyk fatura prêmio de ‘Luta da Noite’ no UFC 248
IMAGEM FORTE! Rodolfo Vieira fica com olho totalmente fechado após luta no UFC 248
VÍDEO: Assista a guerra entre Weili Zhang x Joanna Jedrzejczyk no UFC 248

“É uma falta de respeito esse suposto campeão que o UFC tem. É uma falta de respeito compará-lo (Adesanya) com Anderson Silva. Ele (Anderson) com 30 anos deixaria o estádio inteiro de pé. Foi uma grande falta de respeito o que Israel fez hoje com a comunidade das artes marciais mistas, principalmente com as do UFC”, disparou o cubano.

Yoel também se disse frustrado por ter gerado muita expectativa para o confronto, mas, no momento de concretizar o espetáculo, decepcionar os fãs que assistiram o confronto.

“Eu estava esperando uma guerra, e não aconteceu”, comentou.

Por fim, Romero fez questão de se lembrar dos entusiastas do esporte que se ficaram insatisfeitos com a apresentação na última luta da noite. Visivelmente chateado, o peso médio falou em tom de desculpas para a comunidade do MMA.

“A gente trabalha muito para pagar o pay-per-view para ver dois grandes guerreiros darem o melhor de si. Muito respeito pelos lutadores que atuaram antes da gente”, finalizou.

Com o revés para Israel, Yoel chegou à sua terceira derrota consecutiva no Ultimate. O atleta, que completará 43 anos em breve, no entanto, já afirmou que não tem planos de se aposentar.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments