Jussier Formiga acredita que vitória neste sábado o credencia à disputa do cinturão dos moscas

Último atleta a derrotar Deiveson Figueiredo, brasileiro quer grande atuação contra Brando Moreno no UFC Brasília para impressionar a organização

Formiga (esq.) em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook ufc

Último atleta a bater Deiveson Figueiredo, Jussier Formiga acredita estar próximo de uma chance de disputar o cinturão dos moscas (até 56,7kg.) do Ultimate. Com luta marcada contra Brando Moreno para o UFC Brasília, que acontece neste sábado (14), o brasileiro quer impressionar e derrotar mexicano para, assim, se credenciar a uma futura luta pelo título da divisão. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o potiguar falou sobre a expectativa para o confronto.

Veja Também

Por coronavírus, Ultimate altera local do UFC Columbus para Las Vegas
Cody Garbrandt está fora da luta contra Raphael Assunção no UFC Columbus
Joanna Jedrzejczyk vai passar por cirurgia no rosto após ferimentos no UFC 248

“Eu não sei o que o futuro me trará, mas outra boa vitória certamente me colocará em uma boa posição para um adisputa de título”, disse o brasileiro.

Jussier esteve na linha de frente para lutar pelo cinturão em seu último compromisso, quando trocou forças contra Joseph Benavidez em combate válido pelo UFC Minneapolis, em junho do ano passado. Na ocasião, no entanto, o atleta acabou sucumbindo ao norte-americano com um nocaute no segundo round. Após bater o potiguar ‘Joe’ foi escalado para enfrentar Figueiredo pelo posto de número um da categoria, que foi vago por Henry Cejudo em dezembro.

Como a divisão ainda segue sem campeão, já que Deiveson falhou no corte de peso para a disputa e derrotou Joseph, Formiga acredita que pode, em breve, reeditar o confronto contra o compatriota, a quem bateu em combate válido pelo UFC Nashville, em março de 2019.

Deiveson Figueiredo foi um adversário muito difícil. Ele é muito perigoso e estava invicto na época, vindo de três triunfos consecutivos pelo UFC. Eu fui capaz de mostrar para ele que, uma vez que se chega no top 5, tudo fica mais complicado. Eu fui feliz de derrotá-lo de maneira convincente”, contou o brasileiro.

Antes de vislumbrar uma nova luta contra Figueiredo, que deve realizar uma nova luta contra Benavidez em breve, o potiguar precisa derrotar Brendon. Pouco mais de dois dias antes do confronto, Jussier mostrou que estudou o oponente e espera colocar em prática tudo o que sua equipe programou para o espetáculo.

“Ele tem um estilo mexicano de lutar, com ênfase no boxe. Ele também tem bons chutes na cabeça. Ele faz um pouco de tudo, incluindo a luta agarrada. É bom. Faixa marrom de jiu-jitsu. Acredito que vai ser um grande desafio. Estou empolgado e motivado para essa luta. Quero defender o meu lugar no ranking e estou ansioso para lutar novamente no Brasil, depois de três anos”, finalizou.

Atualmente, Formiga ocupa a terceira posição no ranking da divisão. Moreno, por sua vez, figura em quinto lugar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments