Por coronavírus, Leon Edwards se recusa a lutar no UFC Londres e Gilbert Durinho pede para substituí-lo

Como medida preventiva, inglês deixa luta contra Tyron Woodley neste sábado e brasileiro pede lugar

G. Durinho após vitória no UFC Brasília. Foto: Reprodução/Instagram @gilbert_burns

A pandemia do coronavírus segue afetando muitos esportes ao redor do mundo. Após o cancelamento de alguns eventos esportivos como medida preventiva, alguns atletas tem se manifestado contra a realização dos que insistem em acontecer. Responsável por encabeçar a luta principal do UFC Londres, que acontece neste sábado (21), junto com Tyron Woodley, Leon Edwards afirmou que não vai participar do embate. Após o anúncio, Gilbert Durinho, em suas redes sociais, se ofereceu para enfrentar o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.).

Veja Também

IMAGEM FORTE! Joanna Jedrzejczyk mostra o rosto machucado pela primeira vez após o UFC 248
VÍDEO: Renato Moicano provoca rival depois de finalizá-lo no UFC Brasília e recebe resposta inusitada
Charles do Bronx acredita estar pronto para enfrentar adversários da elite dos leves: ‘Estou fazendo história’

“Não estou brincando. Tyron Woodley, eu luto com você no sábado”, escreveu o brasileiro.

Gilbert sugeriu a luta menos de 24h após bater Demian Maia em uma das lutas do UFC Brasília, que aconteceu neste sábado (14). Na ocasião, o niteroiense confirmou a boa fase na carreira ao derrotar o compatriota com um nocaute devastador no primeiro round.

Intensificando a vontade de estar presente no card de Londres, Durinho ainda fez questão de marcar o presidente da empresa, Dana White, e confirmar o desejo de ajudar o Ultimate a manter Woodley na luta principal.

“Dana White, se precisar de mim, estou mais do que pronto. Eu enfrento Leon Edwards ou Tyron Woodley amanhã, se precisar. Meu exame médico já está feito. Não estou brincando. Me dê esta luta”, publicou o meio-médio.

Mesmo com a desistência de Edwards e a tensão acerca do coronavírus, Tyron manteve a posição de se apresentar no card deste final de semana. Em uma live realizada em seu ‘Instagram’ na noite do último domingo (15), o norte-americano afirmou que está confirmado no evento, independente do local e adversário.

Até o momento, Dana não se manifestou publicamente sobre o UFC Londres. A expectativa é que o ‘chefão’ se pronuncie em breve sobre o card.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments