Dana White evita responder sobre testes de coronavírus a atletas do UFC 249: ‘Quanto menos souberem, melhor’

Presidente do Ultimate acusa mídia de criar uma atmosfera de medo em relação à pandemia que assombra o mundo nas últimas semanas

D. White anuncia o cancelamento de três eventos. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Para os fãs de MMA, uma das maiores preocupações do momento é a realização, ou não, do UFC 249 em meio ao caos vivido nos últimos dias em função da pandemia do coronavírus (COVID-19). Com diversas empresas adiando eventos, na intenção de acatar medidas preventivas à doença, o Ultimate tenta manter um dos seus principais cards de 2020, que está marcado para acontecer em 18 de abril. O presidente da companhia, Dana White, segue confiante de que o espetáculo irá acontecer, mas adota postura rígida contra membros da mídia que o questionam sobre detalhes da realização do card. Em entrevista ao ‘Yahoo Sports’, o ‘chefão’ se recusou a responder uma pergunta sobre se os atletas foram testados para a enfermidade.

Veja Também

Conor McGregor compra €1 milhão em equipamentos médicos para combater coronavírus na Irlanda
Jorge Masvidal descumpre regra da ATT e provoca Colby Covington: ‘Não é lutador’
Justin Gaethje valoriza luta contra McGregor: ‘Se vencer, merece lutar pelo cinturão’

“Quanto menos a mídia souber, melhor. Vamos colocar desta forma: muita histeria tem acontecido por culpa da mídia”, disse o mandatário.

Dana ainda seguiu com discurso agressivo ao considerar que as empresas estão atuando de forma que, segundo o presidente, fazem aumentar o pânico na população. O mandatário se limitou a dizer sobre o tratamento com seus funcionários de forma geral, mas não especificou com relação ao COVID-19.

“Vocês me conhecem há muito tempo. Quando meus lutadores e minha equipe estão comigo, eles têm a melhor assistência médica que poderiam, estando sozinhos, nas suas casas ou se eles trabalham para outra pessoa. Vocês não precisam saber. Não é da sua conta”, disparou White.

Mesmo com muitas mortes acontecendo ao redor do mundo, Dana mantém o discurso de que o UFC 249 irá acontecer. A luta principal do card marcará o aguardado encontro entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson na disputa pelo cinturão dos leve (até 70,3kg.). O card, que foi proibido de ser realizado em Nova York deverá deixar os Estados Unidos e, segundo White, já tem um novo local. O presidente, porém, não revelou onde será o confronto.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário