Empresário de Khabib e Justin Gaethje diz que não impediria possível confronto entre clientes

Responsável por gerenciar carreira de pesos leves, Ali Abdelaziz afirma que eventual disputa de cinturão entre combatentes é inevitável

A. Abdelaziz (foto) afirma que não impediria luta entre K. Nurmagomedov e J. Gaethje. Foto: Reprodução/Instagram @alibelaziz0000

Responsável por gerenciar a carreira de dois dos principais atletas dos leves (até 70,3kg.) do UFC, Ali Abdelaziz afirmou que não impediria um eventual confronto entre o campeão, Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje pela unificação do título da categoria. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o empresário comentou a possível ‘saia justa’.

Veja Também

Sem vencer há quase 10 anos, BJ Penn acredita que não vai mais lutar: ‘Não faz sentido ficar se machucando’
Diego Sanchez sugere luta contra Demian Maia na ‘Ilha da Luta’
PFL oficializa suspensão da temporada 2020 em função da pandemia do coronavírus

“Se (Justin) vai se tornar o campeão interino, ele vai enfrentar Khabib pela unificação do cinturão. Esses caras trabalharam toda a sua vida para se tornarem campeões. Quem sou eu para ficar no caminho e impedir que isso aconteça?”, afirmou Ali.

Há algumas semanas, Khabib acabou deixando o card do UFC 249, que aconteceria em 18 de abril, e acabou dando lugar a Gaethje, que topou o desafio de encarar Tony Ferguson pelo cinturão interino dos leves. O embate acabou não acontecendo em função da paralisação das atividades do Ultimate por conta da pandemia do coronavírus. No entanto, Gaethje segue como nome forte para encarar o ‘Bicho Papão’ quando a empresa retomar o calendário.

Desta forma, caso Justin choque o mundo e bata Ferguson na disputa do título, uma luta contra Nurmagomedov seria inevitável. Abdelaziz, no entanto, confirma que não se envolveria nas decisões.

“Eu não acho que seja justo um empresário ou promotor impedir um cara de realizar seu sonho de s tornar campeão do UFC. Se Justin vencer (Tony), é uma luta justa. Ele e Khabib vão se enfrentar”, finalizou.

Na última semana, o ‘MMA Fighting’ divulgou que o Ultimate mantém os planos de voltar a promover lutas em 9 de maio, em local não divulgado. A expectativa é que Ferguson e Gaethje sejam os protagonistas do evento, que deve contar com três disputas de cinturão.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments