Empresário de Cejudo afirma que campeão ainda mantém planos de enfrentar José Aldo

Mesmo com o brasileiro fora da disputa do título dos galos, Ali Abdelaziz confirma que manauara segue como desafiante ao cinturão no futuro

H. Cejudo (foto) ainda pretende enfrentar J. Aldo. Foto: Reprodução/YouTube Ufc

Mesmo sendo obrigado a deixar a disputa de cinturão dos galos (até 61,2kg.) contra Henry Cejudo, José Aldo segue com moral com o atual campeão. Segundo o empresário do norte-americano, Ali Abdelaziz, a substituição do manauara por Dominick Cruz não excluiu a possibilidade do ex-número um dos penas (até 65,7kg,) encarar seu cliente no futuro.

Veja Também

Cris Cyborg sugere ‘união’ entre UFC e Bellator para revanche contra Amanda Nunes
Petr Yan dispara contra o UFC sobre possível luta entre Cejudo e Dominick Cruz: ‘Fere a credibilidade’
Lutador do UFC, Lyman Good confirma ter sido diagnosticado com COVID-19

“O próximo oponente (de Cejudo, depois de encarar Dominick) será José Aldo. Não é nenhum dos outros atletas da categoria. (Henry) já falou ao UFC, mas eu entendo que Aldo está com problemas para viajar ou pendências com seu visto de trabalho americano. Eu não sei. Mas, como você vai dizer ‘não’ para o Aldo? O cara é um dos melhores atletas das divisões mais leves que já vimos”, disse Ali.

Inicialmente, o ‘Campeão do Povo’ estava escalado para enfrentar Cejudo na luta principal do UFC 250, que aconteceria em São Paulo, em 9 de maio. Em função da pandemia do coronavírus, o governo do estado acabou fazendo uso do Ginásio do Ibirapuera, que receberia o show, como base hospitalar para vítimas da COVID-19. O espetáculo, então, deve ser transferido para os Estados Unidos.

Como está com o visto de trabalho vencido para o país, Aldo estaria impossibilitado de realizar lutas no local, já que a embaixada norte-americana não está realizado a atualização dos documentos durante a crise mundial de saúde.

Antes mesmo de Aldo ser cortado do card, Cejudo já ‘flertava’ com Cruz, que é considerado um dos melhores galos da história do Ultimate. Desde que se tornou campeão do UFC, Henry vem afirmando que seu maior desejo é enfrentar e derrotar lendas do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments