Petr Yan dispara contra o UFC sobre possível luta entre Cejudo e Dominick Cruz: ‘Fere a credibilidade’

Russo critica escalação de ex-campeão, que não luta há três anos, na disputa pelo cinturão da categoria

P. Yan em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @petr_yan

Um dos principais nomes da divisão dos galos (até 62,1kg.) na atualidade, Petr Yan prefere não esconder sua opinião sobre uma possível disputa de cinturão entre Henry Cejudo e Dominick Cruz. Terceiro colocado no ranking da categoria, o russo criticou a decisão do Ultimate em dar ao norte-americano uma chance ao título mesmo o mesmo não atuando profissionalmente desde novembro de 2016.

Veja Também

Lutador do UFC, Lyman Good confirma ter sido diagnosticado com COVID-19
Tyron Woodley provoca Adesanya e afirma que venceria nigeriano nos médios
Ultimate cancela eventos das próximas duas semanas, mas não exclui card de 9 de maio

“Para ser sincero, atitudes do UFC como essa me entristecem. Ele (Cruz) não luta há três anos e agora recebe uma chance pelo cinturão? Isso me magoa e fere a credibilidade do Ultimate, na minha opinião”, contou Pert em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Dominick recebeu a chance de atuar pelo cinturão depois que José Aldo, adversário inicial do campeão, ficou incapacitado de permanecer no desafio em função de não poder viajar para os Estados Unidos por ter o visto de trabalho vencido.

Invicto no UFC com seis lutas disputadas, o Yan não demorou para chegar ao topo da categoria. Conhecido pela agressividade com que leva seus confrontos, o atleta tentou analisar o motivo pelo qual não foi escolhido para encarar o campeão.

“Talvez seja porque eu não esteja na América não me deram a chance de lutar pelo cinturão, ou por eu não ser norte-americano. Talvez seja pelo fato de eles terem medo de mim e não queiram dar outro cinturão a um lutador russo. Eles devem não querer campeões russos”, disparou.

Yan, no entanto, revelou que sua mágoa não é por ele, especificamente, não ter recebido a oportunidade de enfrentar Cejudo. Petr justificou suas falas afirmando que sua irritação é pelo fato de um atleta que não atua há tanto tempo ‘furar a fila’.

“Eu acho que existem mais pessoas ativas e atletas merecedores que poderiam lutar pelo cinturão. Eu não entendo por que eles deram a oportunidade para um cara que está inativo há tanto tempo”, confessou Petr.

Por fim, o russo falou sobre o que pensa do atual campeão, que, em seus últimos desafios, pediu lutas contra combatentes que vinham de derrotas. O norte-americano alega que tem o desejo de derrotar lendas, mas Yan pensa diferente.

“Posso afirmar que perdi o respeito por Cejudo. Eu sei que ele está jogando o jogo, fazendo sua parte, mas é estranho que o UFC concorde com ele”, finalizou.

Segundo informações do ‘MMA Fighting’, a diretoria do Ultimate planeja realizar a disputa entre Henry e Cruz em um card que pode acontecer em 9 de maio, sem local definido.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments