Locutor do UFC mostra otimismo sobre card de 9 de maio: ‘Acho que vai acontecer’

Responsável por entreter o público nas transmissões do Ultimate, Jon Anik acredita que organização vai ser capaz de retomar atividades em meio à pandemia do coronavírus

J. Anik (esq.) e J. Rogan (dir.) comentam card do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @jon_anik

O retorno das atividades do UFC em meio a pandemia do coronavírus (COVID-19) ainda é uma incógnita para muitos fãs de MMA. No entanto, ao que depender do locutor da empresa, Jon Anik, Dana White e sua equipe conseguirão promover um espetáculo em 9 de maio, na Flórida (EUA). Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o comentarista falou com otimismo sobre o show, que ainda não está oficializado pela organização.

Veja Também

Vitor Belfort sugere que estreia pelo ONE FC aconteça entre os pesados
Justin Gaethje minimiza valor do cinturão interino: ‘Se vencer, não serei o melhor’
Felicia Spencer revela frustração após Amanda Nunes deixar card de 9 de maio: ‘Desapontada’

“Eu acho que nós vamos ter um show em 9 de maio. Eu me sinto muito confiante sobre isso. Acho que tem 90% de chances. Eu vivo na Flórida, então, essas notícias não me incomodam . Em termos gerais, penso que se trata apenas de levar o pessoal e os lutadores para onde quer que este local se situe. Sinto que, se alguma empresa o pode fazer isso, é o UFC,” disse Jon.

Mesmo sem confirmar o local do card, Anik afirmou que não abre mão de estar presente quando o Ultimate oficialmente voltar a realizar suas lutas semanais. Segundo o locutor, independente do local, ele dará um jeito de participar do show.

“Eu vou trabalhar em 9 de maio. Eu vou estar lá e, dependendo de onde, eu posso dirigir ou voar para o local. Eu tenho muito respeito pelo vírus (coronavírus). Ouvi muitos profissionais de saúde, e tenho muito respeito pela comunidade médica e pelo vírus. Mas a dada circunstância, nós, que trabalhamos com eventos ao vivo, vamos ter de arrancar o curativo e voltar ao trabalho”, afirmou.

Mesmo com a expectativa de voltar a narrar as lutas do Ultimate, Jon afirma que, caso o card seja, de fato, confirmado, tudo será realizado de forma responsável e segura. A ideia é preservar ao máximo a integridade dos atletas, minimizando qualquer possibilidade de contágio.

“Podem ter a certeza de que seremos mascarados e usaremos luvas quase até à hora do espetáculo. Vamos tomar muitas precauções, obviamente, e tenho a certeza que as perguntas que temos agora serão respondidas até 9 de Maio”, disse Jon.

Até o momento, nenhum membro da diretoria do Ultimate se manifestou sobre a veracidade – ou não – do espetáculo de 9 de maio. A ideia de levar o card para a Flórida, no entanto, partiu de um comunicado oficial do governo local, que liberou as apresentações de WWE em espaços com portões fechados ao público. A permissão concedida à modalidade abriu as portas para que o Ultimate seguisse o mesmo caminho.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments