Espanhol do BRAVE dispara contra Gabriel Fly e diz: ‘Não tem coragem’

Ilia Topuria conta como começou a rivalidade com o brasileiro no evento do Baheim

Espanhol manda recado para o brasileiro Gabriel Fly. Foto: Divulgação / BRAVE

Uma da grandes promessas do MMA europeu, o espanhol Ilia Topuria teve início perfeito em sua carreira pelo BRAVE. Em duas lutas, o peso pena conquistou duas vitórias, uma por finalização e outra por nocaute e ainda protagonizou uma rivalidade com o brasileiro Gabriel Fly.

Veja Também

Dana White afirma que ‘Ilha da Luta’ vai receber eventos em junho
UFC anuncia volta as atividades no dia 9 de maio, com duas disputas de cinturão

Em entrevista na Live do Instagram do BRAVE, Topuria criticou duramente Fly e se disse confuso pela postura do brasileiro que, segundo ele, era seu fã e até pediu uma foto quando os dois lutaram no mesmo card na Colômbia.

“Ele diz que a rivalidade começou na Colômbia, mas para mim ela começou duas horas antes da minha última luta, que aconteceu no Bahrein. Eu estava preparando para me aquecer quando recebi uma notificação dele no meu celular. Gabriel havia me marcado em um story do Instagram e colocado um emoji de uma galinha no meu rosto. Disse a ele que era fácil me provocar quando ele estava do outro lado do mundo, mas quando estivemos no mesmo ambiente, na Colômbia, ele não falou nada”, declarou Topuria, que ainda acusou Fly de não ter coragem de desafiá-lo cara a cara.

“Para mim, faltam co***** a ele. Não tem coragem de vir falar comigo. Ele acabou assistindo à minha luta como um fã. Eu achei curioso ele ter me desafiado porque na Colômbia, ele chegou a pedir para tirar uma foto comigo. Essa luta vai acontecer, ele vai engolir suas palavras e depois, se quiser, podemos tirar outra foto”, disparou o espanhol.

Topuria, assim como Fly, é especialista em jiu-jitsu. O espanhol do Climent Club está invicto no MMA até agora com oito vitórias em oito lutas – sete delas por finalização e uma por nocaute. O brasileiro da CM System, por sua vez, tem 14 vitórias e cinco derrotas, com 13 dos triunfos sendo por finalização (e um por nocaute).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments