Edson Barboza estreia entre os penas do UFC em 16 de maio, diz site

Vindo de duas derrotas consecutivas, brasileiro tem acordo verbal para enfrentar Dan Ige, na Flórida

E. Barboza atravessa má fase dentro do UFC. Foto:Reprodução/Instagram @edsonbarbozajr

O brasileiro Edson Barboza está próximo de confirmar seu próximo compromisso pelo Ultimate. O atleta tem um acordo verbal para enfrentar Dan Ige e realizará sua estreia entre os penas (até 65,7kg.) em 16 de maio, em Jacksonville, na Flórida (EUA). A informação foi divulgada pelo ‘Combate’.

Veja Também

Marlon Moraes se diz tranquilo com Dominick Cruz lutando pelo cinturão: ‘Me incomoda menos do que Aldo’
Pai de Khabib é internado na Rússia com suspeita de pneumonia
Presidente do Bellator questiona vontade de Quinton Jackson em permanecer no MMA

O brasileiro, que já foi considerado um dos atletas mais perigosos entre os leves (até 70,3kg.), agora vive uma situação inusitada na carreira. Vindo de duas derrotas consecutivas, Edson precisa vencer para afastar qualquer possibilidade de demissão da organização.

Mesmo em má fase, Barboza, hoje, ainda ocupa a 11ª posição em sua antiga categoria. No entanto, os reveses para Justin Gaethje e Paul Felder (ambos em 2019) não só afastaram o combatente de uma disputa de cinturão, como influenciaram na decisão do lutador de se testar no grupo de baixo.

Se engana, no entanto, que o friburguense terá vida fácil em seu debute na categoria dominada por Alexander Volkanovski. Para seu primeiro compromisso na nova divisão, a diretoria do UFC decidiu escalar o brasileiro contra um atleta que vem de cinco vitórias consecutivas e só perdeu uma vez desde que assinou seu contrato com a companhia.

Com seis lutas pelo Ultimate, o havaiano Dan Ige enfrentará um nome de peso e espera um triunfo sobre Edson para continuar sua trajetória rumo ao topo da categoria.

Caso vença Ige, Barboza pode ocupar, de cara, a 15ª posição no ranking dos leves – lugar ocupado pelo havaiano atualmente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments