Adesanya chama Borrachinha de ‘macaco dopado’ e promete calar brasileiro em disputa de cinturão

Depois de um combate abaixo da crítica em sua primeira defesa de título, campeão dos médios diz que quer se divertir no confronto contra Paulo

I. Adesanya em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Depois que Israel Adesanya derrotou Yoel Romero em sua primeira defesa do cinturão dos médios (até 83,9kg.), em março deste ano, o UFC não teve outra saída senão garantir Paulo Borrachinha como próximo desafiante ao título. Após um confronto franco contra o cubano, o nigeriano espera um confronto interessante contra o mineiro, que aguarda pelo confronto há quase um ano.

Veja Também

Após ‘perder’ cinturão, Cejudo agradece ao UFC e confirma: ‘Foi uma viagem maravilhosa’
Empresário de Masvidal confirma que lutador já está se preparando para próxima luta
Kamaru Usman publica imagem ‘dividindo’ octógono com Conor McGregor: ‘Pesadelo de verdade’

“Depois da última luta, e ter de lidar com uma estátua, quero subir no octógono para me divertir desta vez”, disse o campeão em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Contra um adversário com grande poder de nocaute e, assim como Israel, invicto na carreira no MMA, o nigeriano enxerga o confronto como uma grande oportunidade de escrever seu nome como um dos maiores nomes da atual geração no esporte.

“O cenário é perfeito. Por isso eu amo. A aparência dele, de um ‘macaco dopado’ com um estilo de vilão como se fosse um (Ivan) Drago (personagem do filme Rocky IV, de 1985). O ‘magrelo’ vai chegar para atropelá-lo e, depois que o fizer, a cena que vou promover no pós-luta., meu Deus…”, cravou Adesanya.

Israel ainda fez questão de afirmar que o encontro contra Paulo não se trata apenas de uma luta pelo cinturão. Desafetos confessos, os atletas tornaram o confronto como algo pessoal, o que, ao logo dos meses, tem tornado um espetáculo que todos os fãs do esporte desejam assistir.

“Ele vai pagar por tudo o que disse até chegar nesta luta. Ele vai ouvir depois do confronto. Te garanto”, confirmou o nigeriano.

Embora tenha muita confiança em seu talento, Adesanya reconhece que não estará encarando um adversário qualquer quando estiver diante de Borrachinha. Por isso, o campeão garante que está se preparando para poder suportar a pressão que será imposta pelo rival durante todo o confronto.

“Estou ansioso por este teste. Ele (Paulo) é perfeito. Ele é ortodoxo. Atualmente, estou me acostumando a lutar contra canhotos. Então estou ansioso para lutar contra um lutador ortodoxo puro que apenas faz o que eu já vi milhões de vezes”, finalizou.

Embora Israel e o brasileiro já tenham um acordo verbal para trocarem forças, o Ultimate ainda não sinalizou quando a disputa pode, de fato, acontecer. O ideia é que o encontro aconteça ainda em 2020.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments