Alexander Gustafsson planeja retorno ao UFC nos pesados e pode enfrentar Fabrício Werdum

Sem lutar desde junho do ano passado, sueco deixa a aposentadoria e negocia luta contra brasileiro para 25 de julho

A. Gustafsson não luta desde junhode 2019. Foto: Reprodução/Instagram @alethemauler

Sem lutar há quase um ano, desde que decidiu pendurar as luvas depois de sua derrota para Anthony Smith, Alexander Gustafsson está pronto para voltar ao MMA. Ex-desafiante ao título dos meio-pesados (até 93kg.), o sueco negocia um confronto contra Fabrício Werdum, confirmando que atuará na categoria de cima. A informação foi divulgada pelo ‘Combate’.

Veja Também

Mackenzie Dern fala sobre manifestações nos EUA: ‘Não entendo como existe racismo ainda em 2020’
Raphael Assunção acredita que vitória sobre Garbrandt pode colocá-lo na rota do cinturão
Trilogia entre Shogun e Minotouro é remarcada para 25 de julho, na ‘Ilha da Luta’

Considerado um dos grandes nomes da divisão até 93kg. há alguns anos, Gustafsson não absorveu bem as derrotas sofridas para Jon Jones, na disputa do cinturão da categoria, em 2018, e Smith, em junho do ano passado. Abalado por ter se afastado do sonho de conquistar um cinturão da organização, o combatente optou por se afastar do esporte.

Agora, de volta, o sueco poderá estrear na nova categoria contra um nome de peso, já que o brasileiro é considerado um grande ícone do esporte tendo, inclusive, conquistado o cinturão interino dos pesados (até 120,2kg.), em 2014, e unificado o título em 2015, quando chocou o mundo ao bater Cain Velasquez.

Mesmo com um gabarito de respeito, Fabrício não vive boa fase no MMA. O atleta, que vinha de derrota para Alexander Volkov, em 2018, retornou ao octógono em maio deste ano após cumprir suspensão de dois anos por ter sido flagrado em um exame antidoping. Na ocasião, o ‘Vai Cavalo’ acabou derrotado por Alexey Oleynik na decisão dividida dos juízes.

Caso a luta se confirme, o embate poderá marcar a despedida de Werdum no UFC, já que o atleta está a uma apresentação do fim de seu contrato com a empresa. O brasileiro ainda não confirmou se deixará de vez o MMA após cumprir o compromisso ou tentará estender seu vínculo com o Ultimate por mais alguns desafios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments