Conor McGregor critica UFC e justifica nova aposentadoria: ‘Não me animo mais’

Ex-campeão dos penas e leves explica insatisfação com organização, fala de luta contra Anderson Silva e falta de desafios na carreira

C. McGregor comenta nova decisão de se aposentar. Foto: Reprodução / Instagram@UFC

Durante a realização do UFC 250, que aconteceu no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), o lendário Conor McGregor voltou a polemizar, mesmo não fazendo parte do espetáculo. Em meio à transmissão do show, o atleta usou as redes sociais para anunciar – pela terceira vez – sua aposentadoria do MMA. Após chamar atenção com a declaração, o irlandês justificou o comunicado com críticas ao Ultimate.

Veja Também

Homem aposta US$1 milhão em vitória Amanda Nunes e leva bolada
Após defender título, Amanda Nunes não deve mais lutar em 2020
Conor McGregor volta a surpreender e anuncia a aposentadoria do MMA

“Este jogo não me anima mais, e é isso. Não há nada acontecendo. Eu estou vendo as opções de adversários passarem, e não há realmente nada no momento. Não há nada que esteja me animando. Eles deveriam ter mantido a bola rolando. Por que eles estão promovendo (Khabib Nurmagomedov x Justin Gaethje) para setembro? Você sabe o que vai acontecer em setembro, alguma coisa vai acontecer em setembro, e não é isso que vai acontecer. Eu estabeleci um plano e um método que era o movimento certo a seguir. E eles sempre querem recusar e não fazer acontecer. O que eu disser eles querem ir contra só pra mostrar algum tipo de poder. Eles deveriam ter feito a luta – eu e Gaethje pelo título interino – e deixar a bola rolando”, explicou o ‘Notório’ em entrevista à ‘ESPN’.

Desde que decidiu voltar ao esporte em janeiro deste ano, depois de mais de um ano afastado, McGregor vinha afirmando que pretendia realizar ao menos três confrontos no ano. Depois do grande triunfo sobre Donald Cerrone no UFC 246, no entanto, o atleta não foi mais visto em ação.

“Eu tinha meus objetivos, meus planos para a temporada. Eu tinha tudo planejado. Obviamente, o mundo está sangrando neste minuto(com a pandemia do coronavírus). Tem esta droga acontecendo no momento. Eles querem me mudar de peso e oferecem lutas estúpidas. Eu realmente não dou a mínima. Parei”, criticou.

Conor também aproveitou para informar que está oficialmente desistindo da superluta proposta pelo brasileiro Anderson Silva. No último mês, o ‘Spider’ havia desafiado o ‘Notório’ para um confronto em peso casado. McGregor havia aceitado, mas, agora, revelou o porquê de rejeitar o duelo contra a lenda brasileira.

“Quando começou esta história do Anderson, eu pensei que seria uma loucura. E então todo mundo veio dizer que ele está velho e acabado. Eu pensei: ‘O quê? Lutar com um ex-meio-pesado (até 93kg.) e o maior peso médio (até 83,9kg.) de todos os tempos, o melhor de todos os tempos, na minha opinião, não é uma luta vendável?’. E sabe, vocês estão certos. Não seria. Eu iria lá e passaria por ele, e então o que aconteceria? Iriam falar que ele é velho e ultrapassado, já passou de seu auge e tudo mais”, cravou o irlandês.

Ex-campeão dos penas (até 65,7kg.) e leves (70,3kg.), o ‘Notório’, então, se apoiou na falta de motivação para oficializar sua desistência de se manter competindo. Para ele, não existe mais ambições na organização.

“Estou um pouco entediado com o jogo. Eu estou aqui assistindo as lutas (UFC 250). Eu assisti o último show, assisti o show desta noite. Eu simplesmente não me animo mais. Eu não sei se é por não ter público. Eu não sei o que é. Só não há nenhum desejo para mim”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Mike Fidelis
Mike Fidelis
5 meses atrás

Conor é mais marketeiro que lutador e geral sabe disso.. finalizado pelo Nate, e tomou o maior pau da vida pro Khabib no auge da sua carreira.. agora ta com medo de tomar outro pau e virar um lutador mediocre qualquer .. se aposenta e morre com o Khabib entalado na garganta!