Júnior Cigano promete luta violenta contra Jairzinho Rozenstruik no UFC 252: ‘Porrada em pé’

Vindo de duas derrotas, brasileiro fala sobre expectativa de enfrentar duro adversário em 15 de agosto

J. Cigano (dir.) enfrenta J. Rozenstruik no UFC 252, em agosto. Foto: Reprodução/Instagram @juniorcigano

Ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.), Júnior Cigano espera um duelo violento contra Jairzinho Rozenstruik no UFC 252, que acontece em 15 de agosto em local ainda não definido. Em entrevista ao ‘Ag.Fight’, o brasileiro falou sobre a expectativa para enfrentar um adversário que também é conhecido pela agressividade e qualidade na luta em pé.

Veja Também

Lutador é retirado do UFC Las Vegas 3 após companheiro de equipe testar positivo para COVID-19
Rafael dos Anjos aposta em vitória de Durinho sobre Usman no UFC 251 
Henry Cejudo afirma que ‘apostaria’ namorada em vitória sobre Alexander Volkanovski

“Tenho certeza que vai ser uma luta bem interessante, principalmente pelos estilo dos dois de buscar o nocaute, ou seja, a galera vai poder aproveitar bem dois pesos pesados trocando porradas em pé. É sempre bastante interessante”, disse o catarinense.

Mesmo com o oponente sendo derrotado em seu último desafio, Júnior tratou de elogiar o novo rival. Mesmo assim, Cigano aposta que o confronto não deve ir para a decisão dos juízes.

“O que deu para notar da última luta dele é que não anda para trás, não recua. Mas isso é uma atitude de um lutador que sabe o que quer. A torcida tem a ganhar com esse duelo. Acho que essa luta acaba, no máximo, até o segundo round”, contou o brasileiro.

Sem vencer há mais de um ano e vindo de duas derrotas consecutivas, Júnior optou por não fazer previsões sobre seu futuro, caso derrote o surinamês no confronto de agosto. O atleta, no entanto, se disse satisfeito com a definição do cinturão da categoria, já que Stipe Miocic e Daniel Cormier encabeçarão o UFC 252 com a aguardada trilogia.

“Agora não estou focado no que vai acontecer depois, no futuro. Estou tentando entender mais as coisas, viver o momento, um atrás do outro, um passo de cada vez e vamos ver o que vai acontecer. Confio que vamos ter lutas interessantes em um futuro breve, até porque vai acontecer a trilogia entre o Miocic e o ‘DC’ (Daniel Cormier). Essa trilogia que estava enrolando a categoria, sem movimentar o campeão. Com essa luta acontecendo, as coisas vão acelerar mais”, finalizou o atleta.

Assim como o brasileiro, Jairzinho precisa vencer para apagar sua última apresentação, quando foi brutalmente nocauteado por Francis Ngannou no UFC 249, em maio. O revés para o franco-camaronês representou a primeira derrota na carreira do surinamês, que agora soma 11 resultados positivos e um revés em seu cartel profissional no MMA.

Aos 36 anos, Cigano vai para sua 29ª luta na carreira. Campeão dos pesados entre 2011 e 2012, o catarinense tem 21 vitórias e sete derrotas nas artes marciais mistas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments