Curtis Blaydes explica estratégia para bater Alexander Volkov neste sábado

Terceiro no ranking dos pesados e em boa fase na carreira, norte-americano espera superar russo para se aproximar de uma disputa de cinturão

C. Blaydes (foto) comemora vitória no UFC. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Neste sábado (20), pelo UFC Las Vegas 3, Curtis Blaydes terá a oportunidade de conquistar mais uma vitória e encostar ainda mais no grupo de atletas que aspiram uma disputa do título dos pesados (até 120,2kg.) no futuro. Contra o experiente Alexander Volkov, o norte-americano precisará adotar cautela, mas garante já ter o plano para superar o rival deste final de semana.

Veja Também

Petr Yan promete nocaute em José Aldo na disputa do título dos galos, no UFC 251
Volkanovski sugere subir de categoria para encarar Khabib: ‘Um dos melhores’
Com brasileiros disputando cinturões, UFC divulga cards da ‘Ilha da Luta’ para julho

“Acho que ele (Volkov) vai andar para trás. Ele quer espaço, quer distância, ele gosta de usar ataques com as pernas, chutes altos. Eu vou pressioná-lo, não vou lhe dar espaço ou distância. Vou colocá-lo sobre seus calcanhares. É um octógono menor, então, vai ser mais fácil pressioná-lo. Ele erra metade dos seus ataques, vai ser mais fácil de entrar na distância, chegar nos seus quadris e, uma vez que eu o derrubar, vou ao trabalho”, declarou Blaydes em entrevista ao ‘Combate’.

Vindo de três vitórias consecutivas, Curtis, hoje, ocupa lugar de destaque em uma das divisões mais disputadas do Ultimate. Atuando em uma arena sem público, em função da pandemia do coronavírus, o norte-americano acredita que a condição pode ser favorável para um novo resultado positivo, já que não haverá pressão da torcida.

“Vai ser um pouco diferente. Acho que vai ser um pouco mais fácil, com menos pressão. Não vai ouvir os fãs vaiando quando não estou fazendo o que eles não querem. Eu sou muito paciente, não entro com pressa, então acho que a ausência dos fãs também me dá uma vantagem”, finalizou.

Em sua última apresentação, em janeiro deste ano, Blaydes desbancou o ex-campeão da categoria, Júnior Cigano, com um nocaute fulminante logo no primeiro round. Neste sábado, o norte-americano alcançará a marca de 17 apresentações como profissional no MMA.

Mais experiente que o oponente, Alexander vai para 39 lutas nas artes marciais mistas. Com 31 anos, o russo atuou pela última vez na vitória sobre Greg Hardy, em novembro de 2019. Volkov, hoje, ocupa a 7ª posição no ranking da divisão.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments