Mike Tyson desafia Jon Jones, que aceita, mas coloca condição: ‘No ringue e no octógono’

Lenda do boxe propõe desafio milionário a campeão do UFC; ‘Bones’, no entanto, manifesta desejo de trocar forças com pugilista também no MMA

J. Jones (foto) aceita desafio de M. Tyson e propõe desafio também no MMA. Foto: Reprodução/Instagram @jonnybones

A novela sobre o retorno de Mike Tyson às lutas aos 53 anos acaba de ganhar um novo capítulo. Após ter ventilado nomes como Wanderlei Silva, Evander Hollyfield e Shannon Briggs, o ex-campeão mundial de boxe surgiu com um novo nome: Jon Jones. Em vídeo, a lenda da ‘nobre arte’ propôs um confronto milionário contra o astro do UFC, que prontamente aceitou, mas fez uma exigência importante para a realização da super luta.

Veja Também

Após vencer Volkov, Blaydes se vê sem adversários e aguarda luta por título: ‘Vou lutar contra quem?’
Dana White critica atuação de Curtis Blaydes: ‘Não esperaria uma luta pelo cinturão’
Batalha entre Josh Emmett e Shane Burgos fatura bônus de ‘Luta da Noite’ no UFC Las Vegas 3

“Veja bem, o UFC é mais popular que o boxe, certo? Mais audiência, certo? Mas um lutador do UFC nunca vai ser mais rico do que um lutador de primeira classe. Para fazer US$ 100 milhões (cerca de R$523 milhões), Conor McGregor teve que lutar com Floyd Mayweather. Jon Jones tem que lutar comigo se ele quiser fazer dinheiro de verdade”, disse o ‘Homem de Ferro’ em uma transmissão ao vivo feita nas redes sociais.

Ao tomar conhecimento da investida de um dos melhores atletas da história do boxe, não demorou muito para que a lenda do UFC respondesse a Tyson. Mostrando respeito ao ex-campeão mundial dos pesados, Jones topou o encontro, mas impôs uma condição importante para que a luta saia do papel.

“Estou te ouvindo, Mike Tyson. Eu luto com você no ringue se você me der uma luta de verdade no octógono. Como eu te respeito muito, eu prometo que não vou quebrar nada em você”, retrucou ‘Bones’ em sua conta no ‘Instagram’.

Atualmente, Jon entrou em rota de colisão com a diretoria do UFC exigindo melhores pagamentos por suas apresentações. Conhecido como um dos atletas mais dominantes da história do MMA, o norte-americano ameaça abandonar seu título dos meio-pesados (até 93kg.), caso não receba um aumento significativo em seus ganhos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments