Jacaré fatura maior salário do Strikeforce

Lutador brasileiro embolsa mais que o dobro da bolsa de Ronda Rousey

O brasileiro Ronaldo não tomou conhecimento de Derek Brunson e nocauteou o norte-americano em apenas 41 segundos de luta no Strikeforce, evento realizado no último sábado (18). Além da vitória e da oportunidade de ter a revanche contra Luke Rockhold, pelo cinturão dos pesos médios da organização. Além disso, Jacaré tem um motivo a mais para comemorar.

O brasileiro faturou o maior salário do show, embolsando US$ 94 mil, cerca de R$ 189 mil, pela apresentação.

Já a bela Ronda Rousey, que finalizou Sarah Kaufman na luta principal da noite, defendendo o cinturão feminino dos pesos galos, teve a segunda maior bolsa do show. A ex-judoca faturou US$ 40 mil.

Confira abaixo a lista completa dos salários do Strikeforce:

Ronda Rousey: US$ 40 mil (incluindo US$ 20 mil de premiação de bônus)
Sarah Kaufman: US$ 17 mil

Ronaldo Jacaré: US$ 94 mil (incluindo US$ 22 mil de premiação de bônus)
Derek Brunson: US$ 13 mil

Tarec Saffiedine: US$ 35 mil (incluindo US$ 17,500 de premiação de bônus)
Roger Bowling: US$ 10 mil

Anthony Smith: US$ 6 mil (incluindo US$ 3 mil de premiação de bônus)
Lumumba Sayers: US$ 7 mil

Ovince St. Preux: US$ 34 mil (incluindo US$ 17 mil de premiação de bônus)
T.J. Cook: US$ 3 mil

Miesha Tate: US$ 38 mil (incluindo US$ 19 mil de premiação de bônus)
Julie Kedzie: US$ 5 mil

Adian Amagov: US$ 20 mil (incluindo US$ 10 mil de premiação de bônus)
Keith Berry: US$ 2 mil

Germaine de Randamie: US$ 15 mil (incluindo US$ 7,500 de premiação de bônus)
Hiroko Yamanaka: US$ 8 mil

Bobby Green: US$ 16 mil (incluindo US$ 8 mil de premiação de bônus)
Matt Ricehouse: US$ 5 mil

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário