Ex-campeão dos médios, Rockhold analisa luta entre Borrachinha e Adesanya

Antigo líder da divisão liderada por nigeriano, norte-americano expõe qualidades dos atletas que disputam o título da categoria em 19 de setembro

L. Rockhold (foto) analisa luta entre Borrachinha e Adesanya. Foto: Reprodução/Instagram @lukerockhold

Conforme os dias passam, mais se aproxima o aguardado confronto entre Israel Adesanya e Paulo Borrachinha, que se enfrentam em 19 de setembro pelo cinturão dos médios (até 83,9kg.), no UFC 253. Antigo campeão da categoria, Luke Rockhold é mais um curioso para acompanhar o encontro entre os rivais e, em entrevista ao ‘Submission Radio’, analisou o ‘casamento’ entre o brasileiro e o nigeriano.

Veja Também

Jairzinho enaltece Cigano, mas aposta em nocaute contra brasileiro no UFC 252
Ex-musa do UFC, Paige VanZant surpreende e assina contrato para lutar no boxe sem luvas
IMAGEM FORTE: Luta no ‘Dana White’s Contender Series’ é interrompida após lesão chocante; Assista
Como assistir o UFC 252, com Miocic x Cormier, AO VIVO pela televisão e internet

“Você tem o touro e o matador e Israel precisa usar sua envergadura para se afastar. O cara, Paulo Costa (Borrachinha), apenas vai para frente com tudo o que ele tem. Mas Adesanya se movimenta muito bem. Ele evade e contra-ataca bem. Nunca se sabe. Ambos podem se machucar”, explicou Rockhold.

Além da rivalidade declarada publicamente entre o nigeriano e o brasileiro, o confronto entre ambos se mostra mais interessante quando se analisa o cartel dos combatentes. Tanto Israel quanto Borrachinha nunca foram derrotados desde que estrearam no MMA.

Com 31 anos, Adesanya estreou como profissional nas artes marciais mistas em março de 2012. Até o momento, o campeão soma 19 compromissos sem revés.

Dois anos mais jovem, Paulo também detém uma trajetória perfeita em sua carreira. O mineiro, hoje, tem 13 triunfos e nenhum resultado negativo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments