Stipe Miocic não crava data, mas admite que cogita aposentadoria após cada luta

Campeão dos pesados do UFC, norte-americano revela que sempre analisa a possibilidade de pendurara as luvas, no entanto, se diz feliz no momento

S. Mioci em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Responsável por protagonizar o UFC 252 junto a Daniel Cormier, em Las Vegas (EUA), Stipe Miocic tem algo em comum ao rival, além da terceira disputa de cinturão entre eles. Em coletiva realizada na noite desta quinta-feira (13), o atual campeão dos pesados (até 120,2kg.) admitiu que a aposentadoria no MMA não é algo distante e que pensa no assunto frequentemente.

Veja Também

Anderson Silva cobra promessa antiga do UFC e descarta aposentadoria no MMA
UFC encaminha luta entre Alan Nuguette e Rodrigo Kazula para 12 de setembro  
Luta entre Herbert Burns e Daniel Pineda é transferida para o card principal no UFC 252

“Eu penso em me aposentar depois de cada luta. Desde minha apresentação no UFC 136 (em 2011), penso nisso”, afirmou o norte-americano em conversa com a imprensa.

Com 37 anos e profissional no MMA desde fevereiro de 2010, o campeão admitiu que a decisão de pendurar as luvas partirá de sua condição psicológica, avaliando a maneira como lida com a rotina de treinos demandada para um lutador de alto rendimento.

“Eu amo o que eu faço. No momento que eu não me divertir mais e isso parecer um trabalho, estou fora. Agora, estou bem, feliz. Tive uma grande preparação. Me sinto incrível”, finalizou.

Com seu cinturão em jogo pela primeira vez desde que o recuperou, na revanche contra Cormier, em agosto do ano passado, Stipe terá a oportunidade carimbar uma derrota naquela que deve ser a última apresentação do rival. Ao longo do ano, Daniel tem deixado claro que a trilogia contra Miocic marcará sua despedida das artes marciais mistas, independente do resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments