Dustin Poirier não confirma luta contra Tony Ferguson, mas se diz pronto para o duelo

Ex-campeão interino dos leves diz que contrato para enfrentar o ‘Bicho Papão’ não está assinado, mas já está em treinamento; luta está nos planos para acontecer no UFC 254, em 24 de outubro

D. Poirier em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Mesmo sem confirmação do Ultimate, a luta entre Dustin Poirier e Tony Ferguson segue em alta no imaginário dos fãs do MMA. Por se tratar de um confronto que pode promover um dos atletas a uma disputa pelo cinturão dos leves (até 70,3kg.), o encontro é visto com bons olhos pelos entusiastas do esporte. Em entrevista ao ‘UFC Unfiltered’, o ‘Diamante’ admitiu que o duelo ainda não é oficial, mas que já está se preparando para o embate.

Veja Também

Dana White confirma interesse na superluta entre Brock Lesnar e Jon Jones
Ultimate encaminha ‘Durinho x Usman’ e ‘Masvidal x Nate Diaz 2’ para o UFC 256, em dezembro
Vídeo: Lutador provoca rival com gesto obsceno e aplica nocaute fulminante na sequência
Glover Teixeira promete show contra Thiago Marreta: ‘Vou ganhar no terceiro ou quarto round’
Presidente do Bellator confirma interesse em contratar Brock Lesnar para luta contra Fedor Emelianenko

“Eu ainda não tenho um contrato. Eu vi Dana (White) falando disso. Eu sei que eles querem a luta no mesmo card de Khabib (Nurmagomedov) e (Justin) Gaethje. Estou apenas esperando para falar com eles”, disse Poirier.

Na expectativa de participar do UFC 254, em 24 de outubro, que garantirá a unificação do cinturão dos leves, Dustin confirmou que, mesmo sem compromisso firmado com o Ultimate, já iniciou a preparação para uma eventual luta contra Ferguson, que vem de derrota para Gaethje.

“Quando o ‘barulho’ começou e eles começaram a falar da luta, eu agendei meu voo. Estou na Flórida (EUA) neste momento. Acabei de fazer minha preparação de wrestling há algumas horas. Nós estamos a oito semanas da luta, então, melhor se preparar do que lamentar. Dana sabe meu número. Se quisermos fazer a luta, já estou aqui, treinando. Se não, vou voltar para Louisiana (EUA) e vamos ver o que acontece”, contou o ‘Diamante’.

Dustin não se apresenta desde a batalha contra Dan Hooker, em junho, quando derrotou o rival na decisão unânime dos juízes. O norte-americano, que hoje é o número dois da divisão, segue como um dos favoritos para encarar o vencedor de Khabib e Gaethje.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments