Presidente do Bellator confirma interesse em contratar Brock Lesnar para luta contra Fedor Emelianenko

Livre no mercado, ex-campeão UFC não faz mais parte do WWE e pode assinar contrato com qualquer organização; Scott Coker deve abrir negociações

Presidente do Bellator confirma interesse em contratar B. Lesnar (esq.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

A notícia de que Brock Lesnar não faz mais parte do grupo de lutadores do WWE agitou o mercado do MMA. Pensando em usar a popularidade do ex-campeão do UFC a seu favor, o presidente do Bellator, Scott Coker, confirmou o interesse em contar com o gigante e deseja promover uma superluta contra o lendário Fedor Emelianenko.

Veja Também

“Sim, ele (Lesnar) está disponível. Fedor contra Brock é interessante. É uma luta que nunca aconteceu”, disse Coker em conversa com o repórter da ‘ESPN’, Ariel Helwani.

Conhecido por tentar captar grandes nomes da história do MMA para sua organização, Scott está mais do que disposto a somar cada vez mais nomes para a ‘Turnê de Despedida’ de Fedor, que integra a empresa desde junho de 2017.

Depois de confirmar publicamente o interesse em contar com Fabrício Werdum e realizar a aguardada revanche do brasileiro contra o russo, Lesnar, agora, surge como uma nova possiblidade.

Campeão dos pesados (até 120,2kg.) do UFC entre 2008 e 2010, Brock tem nove lutas como profissional no MMA e não se apresenta desde julho de 2016. No ano passado, o astro do WWE esteve perto de confirmar seu retorno ao Ultimate para uma superluta contra o então campeão, Daniel Cormier. O acordo, no entanto, acabou empacando em questões financeiras e o duelo acabou não sendo promovido.

Aos 43 anos, Fedor, que é considerado, por muitos, como o melhor peso pesado das artes marciais mistas de todos os tempos, não esconde que pretende se aposentar em breve. Antes de pendurar as luvas, no entanto, o lutador, que não atua desde dezembro do ano passado, quer cumprir alguns desafios e Lesnar poderia ser uma boa opção.

Podcast #034: A volta de Borrachinha ao UFC e a possível aposentadoria de Fedor

Comentários

Deixe um comentário