Dana White confirma interesse na superluta entre Brock Lesnar e Jon Jones

Presidente do UFC também confirmou Francis Ngannou como próximo desafiante do peso pesado

D. White fala sobre B. Lesnar e F. Ngannou. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Se engana quem pensa que Dana White só aparece nos tradicionais eventos do UFC aos sábados. Com a quarta temporada do Contender Series em andamento, terça-feira também se tornou um dia importante. Na coletiva de imprensa após o programa, como não poderia ser diferente, o cartola comentou a respeito de Brock Lesnar, que está sem contrato com a WWE, e, assim como Scott Coker, presidente do Bellator, mostrou interesse em repatriá-lo.

Veja Também

Daniel Cormier aposta em nocaute de Francis Ngannou sobre Stipe Miocic e faz alerta a campeão
Presidente do Bellator confirma interesse em contratar Brock Lesnar para luta contra Fedor Emelianenko
Em menos de 24 horas, Jon Jones desafia Miocic e provoca Brock Lesnar: ‘Acabo com você também’
Sincero, Daniel Cormier confirma aposentadoria e revela: ‘Não quis roubar o momento de Stipe Miocic’

“Se eles (Lesnar e Jon Jones) quiserem se enfrentar, tenho certeza que os fãs gostariam de assistir. Essa seria uma boa introdução para Jones nos pesados. Se toparem, farei isso. Não conversei com Lesnar. Faz um ano que não conversamos. Ele está com 43 anos e tem muito dinheiro. Não sei quais são seus planos, como está sua saúde. Se ele me chamar e mostrar interesse em lutar, obviamente, considero realizar esse combate. Ele só poderia lutar em 2021”, revelou Dana.

Outro assunto abordado na conferência foi o futuro do peso pesado (120kg). Se anteriormente o presidente do UFC já tinha cravado Francis Ngannou como desafiante ao cinturão de Stipe Miocic, dessa vez, não adiantou Jones tentar furar a fila. O camaronês será o próximo da fila.

“Jones não pode ultrapassar Ngannou. Ele merece lutar pelo cinturão, esperou dois anos e trabalhou para isso. Ele merece uma nova chance”, finalizou.

Vale lembrar que o ex-campeão do peso pesado, Brock Lesnar, atualmente, se encontra com 43 anos e, no passado, sofreu com a diverticulite e com a USADA. Sua última luta no MMA aconteceu em 2016, contra Mark Hunt, e, inclusive, caiu no doping. Por sua vez, Francis Ngannou, que já lutou pelo cinturão da categoria contra o mesmo Stipe Miocic, em 2018, possui quatro vitórias seguidas sobre grandes nomes do MMA, sendo todas elas por nocaute no primeiro round, que lhe renderam três bônus de performance.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments