Após nocautear Borrachinha no UFC 253, Adesanya continua provocando o rival: ‘É burro’

Campeão do peso médio não perdoa as provocações feitas pelo brasileiro antes da luta e retribui após vencê-lo

I. Adesanya provoca P. Borrachinha. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Israel Adesanya conseguiu recuperar sua imagem com os fãs de MMA. No UFC 253, evento realizado no sábado (26), em Abu Dhabi, o campeão do peso médio (83,9kg) brilhou ao nocautear Paulo Borrachinha e apagou a má impressão deixada na vitória contra Yoel Romero, em março de 2020.

Se antes da luta o nigeriano e o brasileiro protagonizaram uma rivalidade ferrenha, com direito a ataques pesados, na coletiva de imprensa pós-evento, Adesanya não poupou o desafeto. ‘The Last Stylebender’ informou que previu o que aconteceria, porque é diferente dos lutadores que Borrachinha enfrentou e o chamou de burro, devido a diferença de Q.I. de luta entre eles. Além disso, o campeão não acredita que o rival estivesse preparado para uma luta como essa.

Veja Também

Adesanya critica provocações de Borrachinha e dedica vitória a todos que sofrem bullying
Dana critica atuação de Borrachinha no UFC 253: ‘De luta do ano a dominação do ano’
Borrachinha se manifesta após derrota para Adesanya: ‘Retornarei melhor, como sempre’
Vídeo: Adesanya provoca Borrachinha com ‘sarrada’ nas costas do brasileiro
VÍDEO: Assista o nocaute de Israel Adesanya sobre Paulo Borrachinha no UFC 253

“Eu sabia o que aconteceria. As pessoas estavam achando que Paulo estava dentro da minha cabeça, mas, quando o encontrei no hotel, tudo ficou claro para mim. A energia não foi a mesma. Toda vez que interajo com alguém, sei mais sobre a pessoa. Sou bem mais rápido. Estou dez passos à frente e disse isso antes da luta. Não falo apenas por falar. Paulo estava me provocando, pedindo para que eu lutasse, mas não sou estúpido. Ele é burro e eu sou inteligente. Não sou um saco de pancada humano. Paulo só lutou contra sacos de pancada humanos, atletas que ficam parados. Ele só enfrentou dois top-15 e quis falar que não sou tudo isso. Se alguém tinha hype, esse alguém era ele. Enfrentei seis top-15, ou seja, o triplo”, disse Adesanya.

Antes do MMA, o nigeriano lutou kickboxing e boxe e acredita que esse é o seu diferencial para os demais atletas. Por mais que seja um veterano nas artes marciais, o campeão brincou com a própria aparência e deseja permanecer no cenário por muito tempo.

“Eu entendo o jogo. Essa foi a minha 100ª vitória nos esportes de combate. Não sou um bebê. Estou nesse ramo há muito tempo e me sinto bem. Estou com 31 anos, mas parece que tenho 26. Muitos se acham trolls, mas eu sou O troll”, finalizou.

A vitória de Israel Adesanya sobre Paulo Borrachinha, no UFC 253, foi a sua 20ª no MMA. O campeão do peso médio segue invicto no esporte. Anteriormente, o nigeriano já havia derrotado grandes nomes como Anderson Silva, Robert Whittaker e Yoel Romero e lutadores importantes como Kelvin Gastelum, Derek Brunson e Marvin Vettori.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments