Conor McGregor aceita luta contra Dustin Poirier e vai doar dinheiro para instituição de caridade

Atletas, que já se enfrentaram em 2014, vão reeditar o confronto em 2020; irlandês sugere combate para o mês de novembro ou dezembro

C. McGregor (esq.) aceita luta contra D. Poirier (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Final feliz para os fãs de MMA e para o peso leve (70,3kg). Recentemente, Conor McGregor e Dustin Poirier estavam tentando casar uma luta de MMA beneficente, na Irlanda, no dia 12 de dezembro, porém, ao saber disso, o UFC entrou na jogada e decidiu realizar a revanche no octógono. Após alguns dias de negociação, o combate foi confirmado pelo próprio astro irlandês.

Veja Também

Anthony Johnson critica atuação e postura de Borrachinha contra Adesanya: ‘Seja homem e cresça!’
Georges St-Pierre revela conflito interno sobre voltar ao MMA: ‘Vou me arrepender?’
Rivais no passado, Georges St-Pierre surpreende ao revelar torcida por Nick Diaz em seu retorno ao MMA

“Olá, Dustin! Eu aceitei a oferta que o UFC fez para te enfrentar, mas disse que isso deve acontecer em 2020. Estou pronto para lutar no dia 21 de novembro, visto que os eventos estão tendo problemas com lesões. Também podemos fazer isso nos dias 12 ou 19 de dezembro. Também doarei 500 mil dólares para a The Good Fight Foundation”, escreveu McGregor em sua conta no Twitter.

O anúncio veio em boa hora, já que Poirier tinha manifestado o interesse de voltar a lutar ainda em 2020.

“Eu quero lutar contra alguém. Desde 2007 que não luto apenas uma vez por ano. Estou saudável, em forma e pronto. Pode ser amanhã mesmo. Basta bater na minha porta. Quero grandes lutas e elas estão vindo. Por mim, faço mais uma luta esse ano. Cada luta é uma chance e um risco, não importa o quão preparado você esteja. Se você vai arriscar alguma coisa, faça isso contra o atleta mais importante”, disse em entrevista ao programa UFC Unfiltered.

Vale lembrar que Conor McGregor e Dustin Poirier se enfrentaram em 2014, pelo peso pena. Na ocasião, o irlandês venceu o norte-americano por nocaute no primeiro round.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments