Anderson Silva dá declaração inusitada sobre primeira luta contra Sonnen: ‘Maior surra que levei’

Lenda do MMA, brasileiro admite que luta histórica de 2010 marcou carreira como um dos desafios mais complicados de sua vida

A. Silva (esq.) e C. Sonnen (dir.) se enfrentaram em duas ocasiões com as luvas do UFC. Em ambas, o brasileiro saiu vitorioso. Foto: Reprodução/Instagram

Cada dia mais próximo de sua despedida do UFC, que acontece neste sábado (31), em Las Vegas (EUA), Anderson Silva é o assunto da semana no mundo do MMA. Em entrevista ao ‘Conversa com Bial’, exibido pela Rede Globo, a lenda do esporte avaliou seu embate histórico contra Chael Sonnen, em 2010, e brincou com ao retratar o embate, que quase acabou de forma trágica para o brasileiro.

Veja Também

Perto de se aposentar, Anderson Silva diz ter saudade dos antigos donos do UFC: ‘Nos tratavam como membros da família’

“Eu acho que essa foi a maior surra que tomei em toda a minha vida”, disse ‘Spider’.

Na ocasião, Anderson reinava absoluto na divisão dos médios (até 83,9kg.) e teria pela frente um adversário conhecido pela alta capacidade de promover seus embates, além de impor dificuldades aos rivais dentro do octógono com seu wrestling de alto nível. Escolhido pela organização como atleta que iria ‘castigar’ o campeão, após uma atuação polêmica contra Demian Maia, o norte-americano cumpriu bem o papel e quase chocou o mundo ao brutalizar o brasileiro por quase 25 minutos.

O confronto aconteceu em 7 de agosto, na luta principal do UFC 117. Antes de trocarem forças, muita provocação por parte do ‘Gangster’, que tentava desestabilizar o paulista a cada entrevista, e prometia chocar o mundo ao desbancar aquele que, à época, era o maior nome da organização.

Na luta, o susto. Sonnen não tomou conhecimento de Anderson e, a cada round, mostrava que era questão de tempo até que o brasileiro sucumbisse às suas investidas bem executadas. Exausto após cinco rounds em desvantagem, Silva, no entanto, conseguiu mais uma vez provar sua genialidade e, próximo ao fim do último assalto, encontrou um triângulo, que obrigou o norte-americano a bater em desistência.

O resultado levou o público presente Oracle Arena, na Califórnia (EUA), ao delírio. O ‘Spider’ seguia como líder absoluto da categoria.

Chael teve sua revanche quase dois anos depois, no UFC 148. O episódio, no entanto, foi totalmente diferente. No embate, Anderson foi Anderson e, com dois rounds, aplicou um nocaute devastador, encerrando uma das maiores rivalidades da época.

Conhecido como o melhor peso médios de todos os tempos e um dos maiores representantes da história das artes marciais mistas, neste final de semana, ‘Spider’ encerra uma das trajetórias mais vitoriosas na história do Ultimate. O brasileiro enfrentará Uriah Hall na luta principal e espera fechar com chave de ouro seu ciclo na empresa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments