Jon Jones surta ao ver Khabib ser elevado como o melhor lutador da história: ‘Quinze títulos contra quatro’

Ex-campeão dos meio-pesados não gosta de ver a comunidade do MMA enaltecendo os feitos do russo e defende sua posição como número um do esporte

J. Jones surta com elogios a K. Nurmagomedov. Foto: Reprodução/Instagram

Jon Jones não tem um momento de paz. Se antes o ex-campeão do peso meio-pesado (93kg) do UFC aparecia nos noticiários por causa de sua pesada rivalidade com Israel Adesanya, número um dos médios (83,9kg), agora, o alvo é Khabib Nurmagomedov, ex-rei dos leves (70,3kg). Após o russo finalizar Justin Gaethje no UFC 254 e se aposentar em seguida, a comunidade do MMA se mostrou dividida e muitos defendem que ‘The Eagle’ seja o melhor lutador da história do MMA.

Veja Também

Anderson Silva cita lendas para opinar sobre ranking de maiores na história do MMA: ‘Não existe o melhor’
Próximo de despedida do UFC, Anderson Silva fala sobre seguir lutando: ‘Meu desejo é continuar’
Perto de se aposentar, Anderson Silva diz ter saudade dos antigos donos do UFC: ‘Nos tratavam como membros da família’
Cormier enaltece o caráter de Khabib no UFC 254: ‘Não quis machucar Gaethje na frente dos pais’

Ao perceber a discussão, ‘Bones’, mais ativo do que nunca nas redes sociais, voltou a usá-las para defender seu posto de número um do esporte, minimizou o currículo do russo ao comparar com o seu e informou que o único que pode se equiparar aos seus números é GSP, ex-campeão dos meio-médios (77,6kg) e médios.

“Estou conversando com todos os fãs de Khabib por aí. Tenho quinze títulos mundiais contra quatro dele e vocês estão realmente falando sobre quem é o melhor lutador de todos os tempos? Vocês estão brincando comigo? 15×4! A única pessoa que, possivelmente, poderia voltar e desafiar o meu recorde e o que fiz no UFC é Georges St-Pierre. Ele teria que voltar e vencer duas lutas pelo cinturão para me igualar e eu nem me aposentei ainda. Tenho 33 anos e um novo capítulo inteiro ainda por vir. Vocês são malucos, mas amo vocês. Espero que todos tenham um ótimo dia. Quinze campeonatos mundiais contra quatro. E todos vocês que estão dizendo que Khabib é mais o dominante, ele só passou a enfrentar os melhores recentemente. Vocês poderiam me imaginar contra o número dez do ranking?”, postou Jones em seu Instagram.

Não satisfeito com o vídeo, Jones também usou o Twitter para se expressar e reclamar. Para ‘Bones’, os fãs estão confusos e elevando o status do russo por gostarem dele e não pelos feitos conquistados.

“15 títulos mundiais, os números não mentem. Foi, definitivamente, um momento poderoso, mas minha lógica é clara. Khabib acabou de ganhar o quarto. O fato de estarem discutindo isso me choca. Quando assinei com o UFC, era um dos lutadores mais jovens do plantel, me tornei o mais jovem campeão da história do esporte e só disputei três lutas competitivas. Entendo que a maioria das pessoas nunca foi o número um de sua comunidade, estado e, muito menos, do mundo. Minha natureza competitiva não me permite ficar parado, vendo alguém pedir para ser considerado o melhor. Eu sacrifiquei muita coisa. Se eu for desbancado por um homem com apenas três defesas de cinturão, não sei mais o que pensar. Mais de 50% da minha carreira foram lutas pelo título! Se tivermos um concurso de popularidade, ficaria feliz em perder, mas isso não tem nada a ver com fama ou ser uma boa pessoa. Dediquei toda a minha vida a este jogo. As pessoas querem que eu fique quieto e deixe Khabib ter seu momento enquanto eu apenas sento e vejo meu trabalho duro ser minimizado? Não é justo com minha família ou com a equipe de pessoas que se sacrificaram para me levar até aqui. Isso não é inveja. Eu, realmente, respeito Khabib e o tipo de homem que ele é, mas ser o melhor é algo que você tem que conquistar, não é algo dado. Infelizmente, são apenas quatro cinturões que ele tem, não importa o quanto todos gostemos dele”, finalizou.

Assista o vídeo de Jones defendendo a primeira posição no ranking

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por BONY (@jonnybones) em

Anderson Silva abre o jogo sobre sua história no UFC

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Misa Grana
Misa Grana
29 dias atrás

Será que ele está contratando as vezes que de foi preso fazendo as palhaçadas!!!