Adversário de Chimaev em dezembro, Leon Edwards minimiza fama meteórica do rival: ‘Supervalorizado’

Inglês tem compromisso marcado contra nova sensação para o último card do UFC no ano

L. Edwards (foto) enfrenta K. Chimaev em 19 de dezembro. . Foto: Reprodução/Twitter @ufceurope

Disposto a retornar aos holofotes para uma futura disputa do título dos meio-médios (até 77kg.), Leon Edwards topou o desafio de frear toda a comoção sobre Khamzat Chimaev no UFC. Confirmado como o próximo adversário do sueco no evento de 19 de dezembro, o inglês está confiante de que pode interromper o sucesso da nova sensação e fez críticas ao sucesso meteórico do adversário.

Veja Também

Presidente do Bellator afirma que não tem interesse em contratar Anderson Silva: ‘Feliz com o que temos’
Treinador de Jon Jones elogia Stipe Miocic, mas afirma que pupilo é melhor em todas as áreas
Israel Adesanya surpreende ao analisar sua invencibilidade no MMA: ‘Posso ser batido’

“Eu acredito que ele é supervalorizado. Eu já estive invicto em nove lutas na minha carreira. Eu já apliquei um nocaute com oito segundos no UFC. Fiz tudo o que ele fez”, disse Edwards, em entrevista ao repórter da ‘ESPN’, Ariel Helwani.

Embora tenha aceitado encarar Chimaev, o sueco não era a primeira opção de Leon. Atual número três no ranking do grupo liderado por Kamaru Usman, o inglês, por vezes, tentou encarar um oponente mais próximo do campeão.

Sem sucesso e sem se apresentar há mais de um ano, Edwards chegou próximo de ser retirado do ranking por inatividade. A partir daí, o atleta topou enfrentar Khamzat, que tem três lutas e três vitórias em menos de seis meses de organização.

Caso vença o sueco, Edwards conseguirá provar sua teoria e ganhará moral com a organização. Chimaev, no entanto, pode ter uma chance relâmpago de disputar o título, caso supere o inglês no último card do ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments