VÍDEO: Algoz de Adesanya, brasileiro Alex Poatan retorna ao MMA com nocaute brutal

Brasileiro, que fez luta principal do LFA 95, não tomou conhecimento de Thomas Powell; Ele não lutava MMA desde 2016

Poatan deixa T. Powell na lona com um nocaute brutal. Foto: Reprodução / Twitter @lfafighting

O brasileiro Alex Poatan retornou ao MMA em grande estilo. O algoz do campeão Israel Adesanya no Glory – tradicional evento de kickboxing – estava afastado do MMA desde 2016 e não tomou conhecimento de Thomas Powell e vencendo o norte-americano com um nocaute brutal (veja o vídeo abaixo) no primeiro round do LFA 95, realizado nesta sexta-feira (20), no Kansas (EUA).

Veja Também

Israel Adesanya confessa que ficou impressionado com reviravolta na carreira de Jan Blachowicz
Presidente do Bellator volta a negar interesse em assinar com Anderson Silva
Inspirada em Rocky Balboa, Jennifer Maia quer transformar fantasia em realidade contra Shevchenko no UFC 255

No combate, que foi a atração principal do evento, Alex mostrou toda sua habilidade na luta em pé. Ele balançou o rival com chute na cabeça e chegar ao triunfo com um um cruzado de esquerda. Powell caiu de cara no chão, completamente desacordado a 4m04s de peleja.

Com a vitória, Poatan soma terceira vitória no MMA, em quatro lutas. Ele havia desistido de lutar na modalidade para continuar sua carreira no Glory, onde foi campeão em duas categorias. Vale ressaltar, que o brasileiro é responsável por vencer o campeão dos médios do UFC, Israel Adesanya, em duas lutas no evento de luta em pé, uma delas com um nocaute brutal.

VÍDEO: Assista o nocaute brutal de Alex Poatan em sua volta ao MMA no LFA 95

Resultados do LFA 95

Alex Poatan derrotou Thomas Poweel por nocaute no R1

Myron Dennis derrotou Dylan Potter por decisão dividida dos juízes

Victor Altamirano derrotou Lloyd McKinney por finalização no R2

Bruno Souza derrotou Guilherme Santos por nocaute técnico no R2

Jordan Heiderman derrotou Mauricio Blanco por finalização no R2

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments