Deiveson Figueiredo estipula prazo para deixar o peso mosca e subir para o galo | SUPER LUTAS

Deiveson Figueiredo estipula prazo para deixar o peso mosca e subir para o galo

Campeão revela que pretende defender o cinturão mais quatro vezes antes de se aventurar na categoria de cima, porque não deseja sofrer contra a balança

D. Figueiredo revela que vai lutar mais quatro vezes pelo peso mosca. Foto: Reprodução/Instagram

O reinado de Deiveson Figueiredo no peso mosca (56,7kg) mal começou e já tem hora para acabar. O campeão da categoria defendeu o cinturão pela segunda vez ao finalizar Alex Perez no primeiro round, na luta principal do UFC 255, evento realizado neste sábado (21), em Las Vegas, nos EUA, e, novamente, expressou o desejo de subir para os galos.

Na entrevista coletiva pós-show, Deiveson afirmou que a troca de categoria é apenas uma questão de tempo e planeja que ela aconteça, após realizar mais quatro defesas de cinturão.

Veja Também

“Com certeza, vou subir. Essa ideia é forte. Devo muito aos moscas e vou defender meu cinturão cinco vezes. Faltam quatro”, disse Deiveson.

O brasileiro lembrou que, apesar de não ter sofrido tanto dessa vez para bater o peso, isso sempre foi um problema e, a medida que fica mais velho, é ainda pior lidar com a balança.

“Dificuldade para bater o peso sempre tenho. Vou fazer 33 anos e fica cada vez pior. Com 35 anos, quero ficar livre e lutar sem essa necessidade”, finalizou.

O desejo de trocar o peso mosca pelo galo sempre foi visto em Deiveson Figueiredo. Antes de se tornar campeão da categoria, o brasileiro já tinha esse pensamento e, depois que conquistou o cinturão, após dominar Joseph Benavidez na segunda luta, ficou ainda mais evidente. Vale lembrar que, no primeiro encontro com o veterano, ‘Daico’ não conseguiu bater o peso.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments