Deiveson elogia Demetrious e Cejudo e cita diferença entre ele e os ex-campeões dos moscas | SUPER LUTAS

Deiveson elogia Demetrious e Cejudo e cita diferença entre ele e os ex-campeões dos moscas

Atual número um acredita que salvou a categoria justamente por ter um estilo agressivo e que agrada os fãs do esporte

D. Figueiredo explica diferença entre ele e os ex-campeões dos moscas. Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de ser uma das categorias mais novas criadas pelo UFC, o peso mosca (56,7kg) pode se orgulhar de ter em sua história três campeões diferenciados. Primeiro foi Demetrious Johnson, depois Henry Cejudo e, agora, é a hora de Deiveson Figueiredo. No UFC 255, evento realizado neste sábado (21), em Las Vegas, nos EUA, o brasileiro defendeu o cinturão pela primeira vez ao finalizar Alex Perez no primeiro round e a facilidade que vem tendo para vencer seus adversários faz a comunidade do MMA o comparar aos norte-americanos.

Na coletiva de imprensa pós-show, Deiveson elogiou os antigos reis dos moscas, mas não acha que deve em nada a dupla e explicou a diferença existente entre eles.

Veja Também

“Demetrious é um fenômeno. Nocauteava, finalizava, mas ele não tem o que eu tenho, que é estilo. Sou carismático, perigoso, feroz e isso faz a categoria dos moscas ficar animada. Esse meu jeito torna a divisão atrativa. Cejudo foi um grande lutador. Ele subiu e assumi o posto. Agora, sou eu que sustento os moscas e serei campeão por muito tempo. Sou o melhor lutador peso por peso”, disse Deiveson.

O brasileiro acredita que seu estilo de luta salvou a categoria dos moscas, já que ela quase foi extinta no passado, e está animado quanto aos desafios futuros.

“Queriam excluir a categoria dos moscas, mas, de imediato, tomei a decisão de nocautear todos e mostrar que tem alguém para segurar essa categoria, alguém para dar show e continuidade a ela. Antes, existiam lutadores bons, mas eles não estão mais no UFC. Hoje, restam poucos, mas muitos talentos vão surgir. Estarei sempre preparado para quem quiser tentar pegar o meu cinturão”, finalizou.

Deiveson Figueiredo, de 32 anos, conquistou o cinturão do peso mosca, que estava vago, depois de finalizar Joseph Benavidez no primeiro round, em julho de 2020. Sua primeira defesa foi contra Alex Perez, em novembro, e Dana White informou que deseja que o brasileiro siga nos Estados Unidos para enfrentar Brandon Moreno em dezembro.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments