VÍDEO: Assista e relembre as melhores lutas de 2020 | SUPER LUTAS

VÍDEO: Assista e relembre as melhores lutas de 2020

Entre eles, quatro combates valiam o cinturão do UFC, com destaque para o único brasileiro presente na lista, o campeão peso mosca, Deiveson Figueiredo

B. Moreno (dir.) e D. Figueiredo (esq.) fizeram uma das melhores lutas em 2020. Foto: Reprodução/Instagram

O ano de 2020 entrou na história do Ultimate – e do mundo – como o mais atípico, já que muitos atletas tiveram que lutar sem público nas arenas. Ainda assim, inúmeros combates entusiasmaram os amantes de MMA. Por isso, o SUPER LUTAS preparou uma lista com os melhores combates de 2020.

Veja Também

Jon Jones x Dominick Reyes

Em duelo equilibrado, Jon Jones defendeu o cinturão meio-pesado (até 93kg) contra Dominick Reyes no UFC 247, que aconteceu em fevereiro de 2020. Tido como azarão por especialistas de MMA contra uma lenda do esporte, Reyes superou a expectativa e, com agressividade, conseguiu tocar ‘Bones’ em luta tensa. Porém, a experiência do norte-americano fez a diferença e ele permaneceu com o título após cinco rounds.

Tony Ferguson x Justin Gaethje

Apontado como o único lutador que poderia vencer o campeão peso leve (até 70,3 kg) Khabib Nurmagomedov, Tony Ferguson era o grande favorito no confronto diante de Justin Gaethje.  Na ocasião, ‘El Cucuy’, estava invicto há 12 lutas, desde 2012. Porém, Justin mostrou toda a sua técnica para não deixar que o ‘Bicho Papão’ colocasse sua estratégia em jogo e nocauteou no quinto round para conquistar o título interino da divisão.

Dustin Poirier x Dan Hooker

Na luta principal do UFC Las Vegas 4, disputada em junho, Poirier e Hooker supriram as expectativas e fizeram um duelo eletrizante durante cinco rounds em batalha intensa e sangrenta. Na ocasião, o ‘Diamante’ saiu vencedor na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 48-47).

Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno

Penúltimo evento do ano, o UFC 256 trouxe Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno na luta principal, que ocorreu no dia 13 de dezembro. O combate foi válido pelo cinturão dos moscas (até 56,7 kg) e terminou com um empate após uma verdadeira batalha. Por deter o título, o paraense seguiu sendo o campeão da divisão. Ele também bateu o recorde de defesas em um curto período de tempo – 21 dias.

Weili Zhang x Joanna Jedrzejczyk

Em duelo pelo título das palhas (até 52,1kg), Zhang e Joanna promoveram um verdadeiro espetáculo no UFC 248, que ocorreu em março. Até o instante, ainda havia um público presente em Las Vegas (EUA), que ficou de pé na T-Mobile Arena após o final do confronto, tido por muitos como a melhor luta feminina da história. Depois de cinco rounds, Zhang foi declarada a vencedora na decisão dividida dos juízes.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments