Em ‘briga’ virtual, Poirier cobra doação prometida por McGregor à sua instituição; irlandês responde

Norte-americano lembra acordo financeiro feito antes do UFC 257, quando o ‘Notório’ afirmou que ajudaria a ‘The Good Fight Foundation’ com US$500 mil

D. Poirier (esq.) derrotou C. McGregor (dir.) no UFC 257. Foto: Reprodução/Instagram

Esta é nova. Na preparação para uma trilogia histórica, Dustin Poirier encontrou uma maneira inusitada de promover a nova luta contra Conor McGregor, confirmada para o UFC 254, em 10 de julho. Em discussão nas redes sociais, o norte-americano aproveitou a deixa para cobrar uma doação de US$500 mil (cerca de R$282), prometida pelo ‘Notório’, e que seria encaminhada à ‘The Good Fight Foundation’. A declaração foi feita depois de uma publicação do ‘Notório’, que previu como vencerá o ‘Diamante’.

Veja Também

“Essa é uma previsão divertida, McGregor. Nós também prevíamos uma doação para a minha fundação e você, junto à sua equipe, pararam de responder depois da luta de janeiro. Te vejo em breve. Em julho, você vai pagar tudo”, escreveu Dustin, em sua conta no Twitter.

Ao perceber a afirmação de Poirier, não demorou muito para que Conor se defendesse. Também nas redes sociais, o irlandês explicou o motivo de não ter encaminhado o valor previsto ao norte-americano.

“Uma doação não é uma dívida. Nós estamos esperando enviarem quais são os planos para o dinheiro, que nunca chegaram. Eu cumpro com todas as minhas doações. Sei exatamente para onde vão. Do contrário, o dinheiro vai embora. É o caso de muitas fundações, infelizmente. Você escolheu McGregor antes do cinturão (dos leves). Isso mostra muito”, rebateu o ‘Notório’.

Com a cobrança pública, Dustin e Conor começam a promover um confronto que pode entrar para a história do MMA. Em janeiro, o embate entre os atletas bateu recordes de espectadores. Na ocasião, o norte-americano atropelou o irlandês com um nocaute no segundo round, descontando o revés sofrido há mais de cinco anos, e empatando a disputa.

Podcast #033: As vitórias de Marina Rodriguez no UFC e Tyson Fury no Boxe + ex-campeão preso

Comentários

Deixe um comentário