Daniel Cormier elogia Charles do Bronx e diz que possíveis adversários devem respeitar o brasileiro | SUPER LUTAS

Daniel Cormier elogia Charles do Bronx e diz que possíveis adversários devem respeitar o brasileiro

Ex-campeão dos meio-pesados e pesados do Ultimate fala sobre caminhada do brasileiro rumo ao topo da divisão dos leves, mas faz alerta por seu futuro

C. Do Bronx exibe o cinturão conquistado após o nocaute sobre M. Chandler no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

A atuação de Charles do Bronx diante de Michael Chandler no UFC 262 do último sábado (15) segue impressionando o mundo do MMA. O ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.), pesados (até 120,2kg.) e atual comentarista do Ultimate, Daniel Cormier elogiou o brasileiro e fez um alerta a seus possíveis próximos adversários

Veja Também

“Parecia que Charles do Bronx estava acabado. Inclusive, no segundo round, era difícil que alguém acreditasse nele. No passado, ele não resistiria. Mas o MMA é o melhor esporte e o combate discorreu em outro caminho. Foi fantástico vê-lo alcançar um outro patamar. Ele conseguiu um belo golpe no segundo round”, afirmou Cormier em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Depois de 11 anos no Ultimate, Do Bronx finalmente conseguiu conquistar o cinturão dos leves (até 70,3kg.). Agora, DC faz questão de ressaltar que o brasileiro encontrará dificuldades, mas que não será fácil para um desafiante derrotá-lo.

Charles do Bronx é o nome a ser batido agora, mas vai encontrar lutas cada vez mais difíceis. Teremos Dustin Poirier contra Conor McGregor e o vencedor deve lutar pelo cinturão. Justin Gaethje também está por perto. Charles tem que comemorar e descansar, pois há muitos assassinos acreditando que podem vencê-lo. Mas não será fácil para ele. Estamos falando do lutador com mais finalizações na história do UFC e que agora é o campeão dos leves”, concluiu DC.

Representante do Ultimate há mais de 10 anos, Charles viveu altos e baixos dentro da companhia. Após passagem instável no peso pena (até 65,7kg.), o brasileiro se encontrou nos leves. Na companhia desde 2010, Do Bronx chegou a uma disputa de cinturão após 26 compromissos. Antes de lutar e conquistar o título, o paulista atingiu a marca de oito resultados positivos em sequência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments