Treinador de Jon Jones diz que 'versão mais perigosa' do lutador ainda está por vir | SUPER LUTAS

Treinador de Jon Jones diz que ‘versão mais perigosa’ do lutador ainda está por vir

Brandon Gibson elogiou o histórico de 'Bones' nos meio-pesados e falou sobre o foco do veterano na preparação para a sua estreia na divisão dos pesados

J. Jones segue sonhando se preparando para sua estreia nos pesados. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos treinadores de Jon Jones, Brandon Gibson tem acompanhado de perto a preparação do lutador para a sua estreia nos pesos pesados (até 120,2kg). O profissional elogiou o histórico do lutador na divisão dos meio-pesados (até 93kg) mas declarou que a versão ‘mais perigosa’ do veterano ainda está por vir. A declaração foi dada em entrevista ao ‘MMA Fighting‘.

Veja Também

“Jones alcançou o sucesso cedo, com apenas 20 anos na divisão dos meio-pesados. Mas agora, ele está com o foco de ser campeão dos pesos pesados e também tem o seu compromisso consigo como atleta profissional. Acho que ainda não vimos o Jon Jones mais perigoso que existe. Esta versão vai ser a maior que já vimos dele”, afirmou o treinador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O técnico de Jones acredita que o ex-líder dos meio-pesados tem totais de condições de brilhar na nova divisão e explicou os motivos. O treinador da academia ‘Jackson-Wink MMA’ afirmou que o planejamento é ter um reinado longo na nova divisão de peso assim como Jones fez na divisão até 93kg.

“Eu acho que Jon com sua força, com seu tamanho, suas habilidades e o repertório que ele está trazendo para a divisão dos pesos pesados, ele vai realmente agitar as coisas. Não estamos apenas procurando conquistar o cinturão dos pesos pesados, queremos também defender várias vezes assim como fizemos com o cinturão dos meio-pesados”, finalizou Jones

Considerado um dos maiores nomes da história do MMA, Jon Jones segue se preparando para a sua estreia na divisão dos pesos pesados. Anteriormente confirmado como primeiro desafiante de Francis Ngannou, o veterano foi ‘deixado de lado’ por Dana White que indicou Derrick Lewis como próximo oponente do franco-camaronês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments