Urijah Faber não aprova retirada do título de Dominick Cruz

Campeão dos pesos galos não luta desde 2011 e sofre com uma grave lesão no joelho

U. Faber (foto) não concorda com a retirada do título de D. Cruz. Foto: Divulgação/WEC

U. Faber (foto) não concorda com a retirada do título de D. Cruz. Foto: Divulgação/WEC

O presidente do UFC, Dana White, não esconde a insatisfação com a demora na recuperação do joelho de Dominick Cruz, campeão do evento na divisão de pesos galos. Após colocar um cinturão interino em disputa – conquistado pelo brasileiro Renan Barão – o dirigente cogita retirar o título de Cruz e consolidar o atleta tupiniquim como único campeão da categoria. Mas para Urijah Faber, único lutador a derrotar Dominick Cruz, isso não deveria acontecer.

“Acho que eles (dirigentes do UFC) não deveriam tirar o título de Dominick. Ele ainda é, na minha opinião, o campeão. Não acho que você deve tirar um cinturão de alguém. Eu ficaria chateado se fizessem isso comigo”, afirmou Faber, em entrevista ao site norte-americano Sherdog

Com um cartel de 19 vitórias e apenas uma derrota, Dominick Cruz não luta desde outubro de 2011 devido a lesão no joelho. O lutador optou por um tratamento inovador, com implante do ligamento cruzado anterior retirado de um cadáver. Mas seu corpo rejeitou o tecido e ele foi obrigado a passar por um novo tratamento cirúrgico. O lutador ainda não tem previsão de retorno ao octógono.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments