Vídeo: Wanderlei Silva pede desculpas por mentira e manda recado para Mousasi

Lutador divulgou um vídeo em seu canal no Youtube e revela que só não enfrentou o iraniano porque o UFC não o convidou

Wand (foto) divulga vídeo onde explica a grande mentira de 1º de abril. Foto: Reprodução/Youtube

Wand (foto) divulga vídeo onde explica a grande mentira de 1º de abril. Foto: Reprodução/Youtube

Wanderlei Silva pregou uma grande peça em todos que acompanham o MMA. O lutador afirmou que seria o substituto do lesionado Alexander Gustafsson no UFC Suécia 2, porém tudo não passou de uma mentira de 1º de abril. A brincadeira enganou aos fãs, jornalistas e até Gegard Mousasi, que imaginou ser o rival do brasileiro no show.

Após desmentir a notícia, Wand publicou um vídeo em seu canal oficial no Youtube onde se desculpa com os fãs e explica de como surgiu a ideia da brincadeira. Apesar da mentira, o brasileiro garante que não lutou no evento porque o UFC não o convidou.

“Peço desculpas para todos vocês. Acho que foi uma brincadeira sadia. Agradeço o carinho de todos que torcem por mim de coração, mas infelizmente não vou lutar neste sábado. Se eu te chateei peço desculpas. Você que comprou o churrasco e chamou a turma toda para assistir ao evento com o Wand também não precisa cancelar nada. O UFC é sempre um grande show e vamos ter o Diego Brandão representando o Brasil”, brincou “Cachorro Louco”.

Com a ausência de Gustafsson no show, o UFC convocou o parceiro de treinos e compatriota do sueco  Ilir Latif. Ele será o verdadeiro rival do iraniano Gegard Mousasi na luta principal da noite. Ainda no vídeo, Silva se desculpou com Mousasi, mas não descarta uma possível luta contra o iraniano.

“Desejo boa sorte para ele nessa luta de sábado. Peço desculpas pela brincadeira. Mas se não quiser aceitar a minha desculpa, estamos aí… Também estou na categoria até 93kg”, completou.

Assista abaixo o vídeo de Wanderlei Silva explicando a brincadeira de enfrentar Mousasi na Suécia: 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments