Mousasi reprova brincadeira de Wanderlei e diz que Vitor Belfort se ofereceu para enfrentá-lo

Lutador surpreendeu e revelou que Belfort poderia ser seu adversário no próximo sábado

G. Mousasi (foto) reprovou a brincadeira de '1º de abril' de Wanderlei Silva. Foto: Strikeforce/Divulgação

G. Mousasi (foto) diz que Belfort se ofereceu para enfrentá-lo. Foto: Strikeforce/Divulgação

Com a lesão de Alexander Gustafsson o UFC Suécia 2, evento que acontece no próximo sábado (06), ficou sem protagonista na luta principal do show para enfrentar Gegard Mousasi. A organização optou por uma solução caseira e convocou o desconhecido sueco Ilir Latifi. Mas, de acordo com Mousasi, Vitor Belfort se ofereceu para enfrentá-lo.

Vitor Belfort se apresentou e chegou a haver conversas com meus empresários, pois ele  aceitaria a luta mesmo com tão pouca antecedência. Eu faria essa luta tranquilamente”, disse Mousasi, em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie.

O ex-campeão do Strikeforce ainda comentou a mentira de Wanderlei Silva no Twitter. No dia 1º de abril, o brasileiro disse que ele seria o substituto de Gustafsson. Mas no dia seguinte desmentiu a brincadeira. O fato irritou profundamente Mousasi.

“Wanderlei ficou dizendo que queria a luta. Se eu tivesse feito isso, ele também não teria gostado. Eu estava em uma situação em que ninguém me informava nada, e esse idiota ficou dizendo isso por três dias, como se fosse uma brincadeira de 1º de abril. Não foi engraçado, mas o que eu posso fazer”, disse.

“Pessoalmente eu não teria interesse nenhum nessa luta, mas se o UFC quisesse que ela acontecesse, ela aconteceria. Agora, a minha luta é contra Latifi. Ele se colocou à disposição através da mídia sueca, e acabou sendo o único cara disponível para o combate. A princípio eu fiquei um pouco hesitante, porque é uma luta arriscada. Eu não tenho nada a ganhar, e tudo a perder. Mas pelo menos estarei lutando” finalizou Mousasi.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments