Empresário de Fabrício Werdum faz campanha por revanche do brasileiro contra Fedor Emelianenko | SUPER LUTAS

Empresário de Fabrício Werdum faz campanha por revanche do brasileiro contra Fedor Emelianenko

Ali Abdelaziz pediu a Scott Coker, presidente do Bellator, para confirmar a revanche entre o brasileiro e o russo

F. Werdum quer revanche contra F. Emelianenko. Foto: Divulgação/Strikeforce

Desde que o Bellator anunciou que Fedor Emelianenko irá retornar ao cage da organização em outubro, a fila de pesos pesados interessados no duelo só aumenta. Um dos principais candidatos é o brasileiro Fabrício Werdum.

Veja Também

De acordo com o empresário do brasileiro, Ali Abdelaziz, resta apenas o aval de Scott Coker, presidente do Bellator, para a revanche contra a lenda russa acontecer.

Fabrício Werdum está sob contrato da PFL, mas a organização já deu sinais de que liberaria o brasileiro para um possível duelo contra Fedor no Bellator.

“Scott Coker, dê o que as pessoas estão pedindo. A PFL já aceitou. Você também quer. Vamos marcar Werdum vs Fedor. Scott Coker é o cara a puxar o gatilho, porque Don Davis do Bellator e Pete Murray da PFL já disseram sim. Agora só falta o Scott. É isso. Simples”, pediu Abdelaziz em entrevista ao site MMAJunkie.

Fabrício Werdum e Fedor Emelianenko têm história. O brasileiro foi o responsável pelo primeiro real revés do russo no MMA ao finalizá-lo em 2010. A única derrota anterior do “Último Imperador” havia sido por interrupção médica.

Ex-campeão do UFC, Werdum deixou o UFC em 2020, após finalizar Alexander Gustafsson. O brasileiro estreou na PFL em maio deste ano e acabou derrotado pelo compatriota Renan Problema em duelo polêmico que, posteriormente, teve o resultado anulado.

Fedor Emelianenko, por sua vez, não entra em ação desde que derrotou Quinton “Rampage” Jackson por nocaute técnico no Bellator 237, em dezembro de 2019. O russo retorna ao cage do Bellator no dia 23 de outubro, na VTB Arena, em Moscou, Rússia. Será o primeiro evento da organização em território russo.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments